Porco vivo amarrado e forçado a fazer bungee jumping para inaugurar parque temático na China

Porco vivo amarrado e forçado a fazer bungee jumping para inaugurar parque temático na China

Os gestores de um novo parque temático obrigaram um porco a fazer bungee jumping para promover a inauguração do local.

A operação de marketing infeliz, organizada na cidade chinesa de Chongqing, foi registrada em um vídeo que viralizou.

A encenação da acrobacia também teve por objetivo celebrar o fim do ano do porco e o começo do ano do rato.

O pobre porco inconsciente foi amarrado e jogado no vazio a 70 metros de altura: aterrorizado, o animal gritou o tempo todo, enquanto o público ria, divertindo-se com a performance atroz.

Na China não existem leis para proteger os direitos dos animais, mas, nos últimos anos, a sensibilidade para esse tipo de abuso aumentou.

O gesto insensato suscitou inúmeras polêmicas entre a população, que acusou os donos do empreendimento de crueldade com os animais.

Um porta-voz do parque justificou a ação dizendo que o porco estava destinado ao matadouro e, portanto, não havia nada de errado em fazê-lo sofrer um pouco antes de ser morto, para entreter o público.

Indignação e vergonha de ser humano. Pra quê isso? Revoltante! Agora é BOICOTAR qualquer atração que explore animais: circos, zoos, aquários… chega de explorar seres sencientes!

Talvez te interesse ler também:

Pesquisa revela: as vacas conversam e têm um “vocabulário próprio”

Na Bolívia, a Mãe Terra é um Ser Vivo e Sagrado, por lei, plena de direitos

Madri aprova lei que proíbe a exploração de animais selvagens em circos

Gostou? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on tumblr
Share on reddit
Share on pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *