©Toby, rinoceronte bianco al Parco Natura Viva/Gardapost.it

Rinoceronte-branco mais velho do mundo morre aos 54 anos em um zoológico na Itália

Rinoceronte-branco mais velho do mundo morre aos 54 anos em um zoológico na Itália

No dia 06 de outubro, morreu o rinoceronte-branco mais velho do mundo. Nanno Toby morava no zoológico Parco Natura Viva, perto da cidade de Verona, norte da Itália, e faleceu aos 54 anos.

Segundo uma porta-voz do estabelecimento que comunicou o falecimento no dia 12, o animal desmaiou no caminho de volta para seu abrigo noturno e, em seguida, seu coração parou.

O rinoceronte-branco do sul é o segundo maior mamífero terrestre depois do elefante, com 2 metros de altura e 4 metros de comprimento e pesando mais de 3.500 kg. Pertence a uma das cinco espécies de rinocerantes que não são ameaçadas de extinção, com uma população estimada em 18.000, segundo dados da WWF.

Normalmente, os rinocerontes-brancos vivem até os 40 anos em cativeiro e até os 30 anos quando solto na natureza.

Em 2012 faleceu Sugar, companheira de Toby. Depois do casal, agora o zoológico conta com apenas um rinoceronte-branco, o Benno de 39 anos.

Toby será embalsamado e exibido no museu de ciências MuSe de Trento onde se juntará a Blanco, um leão branco do zoólogico que morreu há cinco anos.

Talvez te interesse também:

Sucuri gigante é clica com a barriga cheia. Vídeo viraliza

Morre o último rinoceronte-branco-do-norte macho do mundo

Alta tecnologia para a preservação de rinocerontes

A história de Kendall Jones: a cheerleader que há 10 anos mata leões e rinocerontes

Homem senta sobre jacaré e espera bombeiro chegar

Gostou? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on tumblr
Share on reddit
Share on pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *