Educação ambiental em todas as escolas até 2025, orienta a Unesco

Educação ambiental em todas as escolas até 2025, orienta a Unesco

Conhecer o meio ambiente é conhecer um pouco mais sobre nós mesmos. Pensando nisso, a Unesco sugeriu em um relatório que as escolas integrem a seus currículos a educação ambiental até 2025.

A mudança climática é um imperativo. Antes mesmo de estarmos conscientes da nossa exposição a ela, as crianças já deveriam ter uma educação voltada para a sustentabilidade.

Ciente da urgência de educar crianças e jovens para a preservação da Terra, o relatório da Unesco “Aprender pelo nosso planeta” é o resultado de um estudo sobre programas educativos e currículos escolares de 50 países que mostrou que mais da metade deles não faz uma menção à mudança climática e apenas 19% abordam a biodiversidade.

De acordo com o site português Wilder, a ausência da temática ambiental nos currículos evidencia a negligência dos governos com capacidades socioemocionais e habilidades orientadas para a ação ambiental. A diretora-geral da Unesco, Audrey Azoulay, disse, em comunicado, que:

“A educação deve preparar os alunos para compreenderem a actual crise ambiental (…). Para salvar o planeta, devemos transformar a nossa forma de viver, produzir, consumir e interagir com a natureza. É fundamental integrar a educação para o desenvolvimento sustentável em todos os programas de aprendizagem de todos os lugares”.

Através dessa constatação – que deveria ser óbvia -, a organização estabeleceu como objetivo integrar a educação ambiental nos currículos escolares de todos os países do mundo até 2025.

Para atingir a meta, a entidade está trabalhando conjuntamente com os 193 Estados-membros da Organização das Nações Unidas (ONU) dando suporte às reformas nos currículos e orientação para que educadores possam desenvolver as competências necessárias para produzir ações efetivas entre as futuras gerações para proteger o planeta.

Um espaço onde será debatida a proposta será a Conferência Mundial sobre a Educação para o Desenvolvimento Sustentável, que começou on line no dia 17 de maio e segue até o dia 19, em Berlim, na Alemanha.

Participam da Conferência Mundial 2.500 integrantes, entre eles 81 ministros da Educação e estudiosos da área educacional, reunidos em torno do objetivo de criar estratégias para a integração da educação para o desenvolvimento sustentável em todos os níveis de educação e formação.

Talvez te interesse ler também:

Escola espanhola inclui Proteção Animal como disciplina no currículo escolar

Chega de carne embutida na merenda das escolas públicas do Distrito Federal

Roger Federer abre escolas para mais de 1 milhão de crianças

Gostou? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on tumblr
Share on reddit
Share on pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *