Em Itapemirim, cada criança que nasce, recebe uma árvore!

  • atualizado: 

A cidade de Itapemirim, no sul do Espírito Santo, lançou um projeto que consiste em plantar uma árvore para cada bebê que vier ao mundo naquela localidade. As crianças nascem, recebem um documento chamado de “Certidão Natural” e uma árvore para chamar de sua, com o seu nome! Acompanhem a notícia. 

Projeto "Raízes de Itapemirim"

O projeto "Raízes de Itapemirim" consiste em incentivar o plantio de árvores para recuperar as áreas degradadas na cidade. Esse projeto funciona da seguinte maneira: os pais dos bebês nascidos no Hospital Menino Jesus, são consultados para saber se desejam participar do projeto.

Ao aderirem ao programa, é gerado um documento com informações sobre a espécie e as coordenadas da árvore a ser plantada. Este documento é chamado de “Certidão Natural” e contém também informações sobre os cuidados com a saúde do bebê no seu primeiro ano de vida.

Essa certidão é encaminhada para a Secretaria Municipal do Meio Ambiente, a qual irá plantar uma muda de árvore nativa da Mata Atlântica, com uma placa indicando o nome da criança. A preferência pelo local do plantio será dada à área degradada mais próxima da residência da criança.

Um dos primeiros bebês a participar do projeto, chama-se Lucas e, assim como todas as outras crianças participantes, ele será incentivado a cuidar de suas “raízes”, mesmo que mude de cidade. A mãe de Lucas acredita que ter uma árvore com o nome dele fará com que ele aprenda a preservar a natureza.

Da mesma forma, pais de crianças que moram em Itapemirim, mas nasceram em outros municípios por algum motivo, também poderão participar desse projeto. Para isso, é necessário que os pais procurem a Secretaria Municipal de Itapemirim.

Projeto “Uma criança, uma árvore”

Em 2015, o projeto “Uma criança, uma árvore”, lançado em Itaperuna, no Rio de Janeiro, adotou essa mesma prática pelo fato de ser considerado um dos municípios mais quentes do estado. A sensação térmica chega a 50º C e a cidade é carente de sombras. Por isso, foi criado esse programa com o intuito de incentivar o reflorestamento para amenizar o calor.

111 árvores por crianças na Índia

A prática de abortos seletivos na Índia é um problema muito comum, onde meninas são escolhidas para não virem ao mundo. No entanto, um pequeno vilarejo adotou uma prática bem diferente do restante do país.

Na vila Piplantri em Rajasthan, as meninas são muito bem-vindas e são homenageadas com o plantio de 111 árvores. A ideia deles é cativar outros pontos da Índia e fazê-los enxergar a importância de querer ter filhos, independente do sexo.

As árvores plantadas viraram fonte de subsistência para os moradores da região, principalmente as de aloe vera.

108.000 árvores pelo bebê real de Butão

Butão é um país modelo onde o bem estar dos cidadãos conta mais do que o PIB e onde pretende-se atingir a meta das Nações Unidas de Lixo Zero, reduzindo resíduos a ponto de ser considerado 100% orgânico.

De acordo com a constituição do país, 60% do território deve conter árvores, mas a importância delas vai muito além da sua própria preservação. No Budismo, a árvore é considerada uma fonte de nutrição, simbolizando longevidade, saúde, beleza e compaixão.

O amor pela natureza em Butão é tão grande, que em 2015 a população plantou 108 mil árvores para dar as boas vindas ao primeiro bebê da família real. Além disso, o Ministro do Turismo inaugurou um novo Jardim da Felicidade, onde os turistas poderão plantar novas árvores para representar diferentes países no mundo.

Uma árvore para chamar de sua!

O ato de nascer, respirar e viver já vem intrinsecamente ligado à degradação natural do meio ambiente, porque viver é emitir gás carbônico, e outros de efeito estufa, na atmosfera, deixando sua pegada ecológica e contribuindo para o aquecimento global e à mudança climática com todos os nossos hábitos do dia a dia.

Uma forma de compensar esse desgaste natural é com o plantio de árvores, cuja quantidade pode variar de acordo com os nossos hábitos. Falamos sobre esse assunto no artigo sobre a Calculadora de CO2, criada por alunos do Colégio Termomecânica em São Bernardo.

A ideia de ter uma árvore com o próprio nome e ainda poder cuidar dela como se fosse seu próprio fruto é muito interessante e deve ser compartilhada pelo mundo, pois a responsabilidade de cuidar do planeta é nossa e deve ser ensinada desde pequeno.

Plantar árvores para celebrar o nascimento de uma criança é uma boa maneira de conscientizar sobre a importância da natureza! Vamos praticar?

Talvez te interesse ler também:

NA IRLANDA, UMA ESTRADA FOI DESVIADA PARA SALVAR ESTA ÁRVORE SAGRADA

AUSTRÁLIA VAI PLANTAR UM BILHÃO DE ÁRVORES CONTRA O AQUECIMENTO GLOBAL

AVE BRASILEIRA AMEAÇADA DE EXTINÇÃO PORQUE NÃO TEM ÁRVORES PARA ELA

siga brasile pinterest

Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

siga brasile instagram

Você está no Instagram?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!