12 de novembro é Dia do Pantanal - Vamos Comemorar esta Beleza

  • atualizado: 
Pantanal

Entre o sul do Mato Grosso e o noroeste do Mato Grosso do Sul (centro-oeste brasileiro), localiza-se o Pantanal, este bioma todo particular que constitui a maior planície alagável de água doce de todo o planeta, é berçário das aves migratórias das Américas e Patrimônio Natural da Humanidade!

O bioma possui cerca de 263 espécies de peixes, 41 espécies de anfíbios, 113 espécies de répteis, 463 espécies de aves e 132 espécies de mamíferos, sendo 2 delas endêmicas (dados da Fundação Pró-Natureza - FUNATURA)

Algumas curiosidades

No Pantanal já foram catalogadas mais de 1.100 espécies de borboletas.

Apesar do nome, o Pantanal tem um reduzido número de áreas pantanosas. Sua formação vegetal é de planície, é constituída principalmente de herbáceas gramíneas, com árvores esparsas e arbustos isolados.

O Pantanal é também Reserva da Biosfera.

Muitos animais ameaçados de extinção no Brasil, no Pantanal estão mais seguros. Ali, espécies de capivara, tuiuiú e jacaré ainda são populosas e vigorosas.

jacare pantanal

Da sua fauna maravilhosa e rica, destacam-se o tuiuiú - sua ave símbolo, a arara-azul-grande, os tucanos, a onça-pintada, o cervo-do-pantanal e claro, os jacarés (jacaré-do-pantanal e o jacaré-coroa), cobras, lagartos e quelônios (jabuti e cágado).

A maior cobra do Pantanal é a sucuri amarela que mede até 4,5 metros.

sucri amarela

O Pantanal se transforma em um imenso lençol d'água durante o período de cheias dos rios, durante o qual, parte de sua população rural deve migrar.

Segundo o Portal Pantanal, existem mais espécies de aves no Pantanal do que em toda a América do Norte e mais espécies de peixes, do que em toda a Europa!

É de fato, um bioma único, de impressionante riqueza, que deve ser amado e preservado por nós.

Viva o Pantanal!