Baleia é encontrada morta nas Filipinas com 40 kg de plástico no estômago

baleia-plástico

Pesquisadores encontraram uma baleia morta nas Filipinas e ela estava com cerca de 40 kg de materiais plásticos no estômago. Dentre eles foram encontrados, sacos de arroz, sacolas de compras e itens já calcificados.

Segundo publicação da BBC News, esses dados foram levantados pelo D'Bone Colletor Museum, que encontrou essa baleia no início de Março na cidade de Davao.

Em uma publicação no Facebook, os pesquisadores disseram que entre a quantidade de plástico encontrada no estômago da baleia, foram identificados 16 sacos de arroz e várias sacolinhas de compras. A lista dos outros materiais encontrados ainda será divulgada, mas segundo o fundador do museu, Darrel Blatchley, alguns deles já estavam calcificados.

Plástico Asiático

A questão do plástico descartável é um problema que atinge o mundo inteiro, mas a situação é ainda pior em países como a China, Indonésia, Filipinas, Vietnã e Tailândia. De acordo com um relatório de 2015 da Ocean Conservancy e do McKinsey Center for Business and Environment, esses países responderam por 60% dos resíduos plásticos nos oceanos.

Em junho de 2018, uma baleia também morreu depois de engolir 80 sacolas plásticas, na Tailândia. Segundo informou a reportagem da BBC News, a morte dessa baleia ocorreu logo após a publicação de um relatório do Reino Unido, falando sobre a possibilidade de triplicar o nível de plástico nos oceanos em uma década, caso nenhuma medida seja adotada.

Essa é mais uma prova de que o trabalho de conscientização e mudança de hábitos é urgente e fundamental para a sobrevivência dos ecossistemas. Mas os governos, os políticos, os tomadores de decisões e as empresas também devem fazer suas partes:

  • governos e autoridades políticas devem proibir a produção de alguns materiais plásticos (os plásticos mistos que não podem ser reciclados)
  • devem melhorar a coleta seletiva de lixo e ao mesmo tempo abrir postos para reciclagem (em muitos lugares não existem fábricas de reciclagem então, nesses casos, separar o lixo serviria a pouco ou nada)
  • os governos e as autoridades públicas devem investir na pesquisa e na produção de materiais biodegradáveis substitutos do plástico
  • bem como na pesquisa para solucionar a questão da decomposição do plástico já existente
  • governos também devem proibir a produção de itens plásticos desnecessários como os plásticos descartáveis, aqueles que se usa uma vez e se joga fora depois
  • as empresas podem fazer suas partes investindo em embalagens não poluentes para seus produtos
  • e por fim, nós consumidores, podemos fazer nossas escolhas porque estas ditam as leis do mercado.

Em nossa pequena circunscrição também podemos ajudar na conscientização para que mais pessoas queiram de fato salvar o nosso planeta. Uma maneira de fazer isso é compartilhar essa notícia o máximo que pudermos. Se em uma baleia foram encontrados 40 kg de materiais plásticos em seu estômago, imagina quanto tem no oceano e o quanto desse lixo é descartado por dia?

Se quisermos de fato mudar essa história, já passou da hora de mudarmos nossos hábitos de consumo e exigir que as autoridades façam as suas partes.

Talvez te interesse ler também:

19 DICAS PARA REDUZIR O PLÁSTICO DA SUA VIDA EM 2019!

BRASIL É O 4º PAÍS QUE MAIS GERA LIXO PLÁSTICO NO MUNDO!

APENAS 9% DO PLÁSTICO NO MUNDO É RECICLADO! 91% VAI FICAR AÍ POR + 400 ANOS

siga brasile pinterest

Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

siga brasile instagram

Você está no Instagram?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!