Bicho-Preguiça - Curiosidades do animal conhecido como o mais lento do mundo

  • atualizado: 
bicho preguiça

Atire a primeira pedra quem nunca sentiu preguiça na vida. Por isso, dá até para entender um pouco por que o bicho-preguiça tem movimentos, assim, tão lentos, vivendo sempre vagarosamente, e fazendo o possível para passar os seus cerca de 40 anos, de modo tranquilo, e devagar.

Sempre devagar. Mas essa não é a única característica desse mamífero, que vive em regiões de mata do continente americano.

A feição amigável, que faz parecer que o bicho-preguiça está sempre sorrindo, o tornam um alvo dos piores predadores – os humanos.

As espécies mais dóceis são capturadas para tornarem-se bichos de estimação, mas isso quase nunca dá certo, tendo em vista que o animalzinho é cheio de peculiaridades e não ganhou esse nome à toa.

Conheça algumas curiosidades sobre o bicho-preguiça.

SERÁ QUE ELE É MESMO O BICHO MAIS LENTO DO MUNDO?

Para evitar o suspense, é possível dizer que sim. O bicho preguiça é um dos bichos mais lentos do mundo. Na verdade, o mamífero mais lento.

Não dá para comparar a preguiça com todos os animais, tendo em vista que alguns aspectos como tamanho influenciam nessa “disputa”.

Por exemplo, certos bichos, como os corais e esponjas do mar nunca se movem. No entanto, o bicho-preguiça é assim justamente porque seu metabolismo funciona bem devagar.

Os movimentos lentos e algumas peculiaridades, como a quantidade de tempo que dormem – cerca de 14 horas –, e a movimentaçao diária de cerca de 38 metros,   dentre outras coisas, explicam bem o porquê do nome desse animal.

CURIOSIDADES SOBRE O BICHO-PREGUIÇA

bicho preguiça 2

1. O bicho-preguiça não bebe água

Toda água que ele consome é proveniente dos alimentos ingeridos, e, no máximo, das gotas de orvalho que caem nas folhas, se possível, bem perto deles, para eles não precisarem fazer muito esforço.

2. Ele é "Vegano"

A alimentação desses animais é bem restrita. Eles são herbívoros, mas não se alimentam de todas as as folhas de árvores, apenas de algumas, como a embaúba, figueira e tararanga.

3. Pouca necessidade fisiológica

O bicho-preguiça só desce das árvores para fazer as suas necessidades fisiológicas, e isso apenas a cada 7 ou 8 dias!

4. Reprodução e Gestação

A vida na árvore: os bichos-preguiças se acoplam na árvore, as fêmeas dão à luz aos seus filhotes também na árvore.

Os bebês nascem após uma gestação de 5-6 meses, no nascimento pesam cerca de 250 gramas e imediatamente ao nascerem, se abraçam ao abdômen da mãe com suas garras. Eles são amamentados por um mês e ficam com a mãe por mais 5 meses aprendendo as técnicas para obter comida.

As fêmeas têm um só filho por gestação.

5. Como se defendem

A defesa do bicho-preguiça é a camuflagem. Ele consegue se esconder entre as árvores, evitando assim que potenciais predadores o encontrem.

6. Solitários por natureza

O bicho-preguiça tem hábitos solitários, tendendo a escolher uma área para viverem, sozinhos, a vida toda, e até elegendo uma árvore preferida para tal.

7. Bicho-preguiça brasileiro

São muito comuns no Brasil: das seis espécies existentes, cinco podem ser encontradas em território brasileiro.

8. Cabeça super flexível

O mamífero mais lento do mundo consegue fazer uma proeza: observar todos os ângulos ao seu redor, graças a capacidade de girar a cabeça cerca de 270° graus, sem precisar mexer o corpo.

9. Risco de extinção

O bicho-preguiça ainda não é uma espécie ameaçada de extinção, mas como vive em região de mata, o desmatamento pode provocar essa triste condição futuramente.

bicho preguiça 3

10. Dorminhões

Os bichos-preguiças adoram dormir e não sofrem de insônia. Eles podem dormir até 18 horas por dia.

11. Digestão super lenta

Apesar da alimentação leve (comem apenas folhas), até um mês pode durar a digestão do bicho-preguiça.

12. Super "limpinhos"

Eles adoram limpeza e para defecarem, primeiro cavam um buraco, depois de tudo feito, cobrem as fezes com folhas. 

13. Amor sonoro

Quando se "apaixonam", os bicho-preguiças machos chegam perto das fêmeas e emitem um leve som de amor.

14. Pelagem diferente

O manto do bicho-preguiça é geralmente habitado por algas, ácaros, carrapatos, coleópteros... A pelagem é de baixo pra cima, ao contrário da maioria dos mamíferos.

15. Ficam quase sempre na mesma posição

O bicho-preguiça vive pendurado nos galhos com as costas viradas para baixo e é difícil eles mudarem de posição, eles descem das árvores apenas para defecarem ou para se moverem de uma árvore para outra.

16. Sabem nadar

São ótimos nadadores!

17. São mamíferos monogâmicos

Apesar de monogâmicos, após o acoplamento, o macho desaparece, deixando a sua única fêmea cuidar do filhote até que a sua maturidade sexual, que ocorre aproximadamente 4 meses após o nascimento. Neste momento a mãe deixa uma árvore ao filho como herança e escolhe outra árvore pra ela.

18. Parentesco

O bicho-preguiça é parente dos tatus e  dos tamanduás.

19. Grudados às árvores até a morte

Estes animais conseguem manter suas garras presas às arvores, mesmo depois de terem morrido. 

20. Os predadores do bicho-preguiça

Além do homem, que é inimigo porque quer um bicho-preguiça como animal de estimação, seus predadores são os animais que deles se alimentam: os felinos, o murucututus (Pulsatrix perspicillata) e a harpia (Harpia harpyja).