Chocolate: qual é o seu impacto ambiental?

  • atualizado: 
Chocolate

A Páscoa chegou e provavelmente todo mundo vai comer muito chocolate. Mas muita gente não sabe nada sobre o impacto ambiental deste ingrediente super amado. Um estudo recente avaliou tal impacto e, infelizmente, os resultados não são muito animadores.

O chocolate é um dos alimentos mais populares para adultos e crianças e está sempre presente nas festas. Mas na maioria das vezes não pensamos nisso: o chocolate não tem apenas um impacto econômico, mas também um impacto ambiental. Na verdade, sua produção nem sempre é "limpa" ou ecológica, e pode estar ligada à exploração de trabalhadores, às vezes até de crianças.

O estudo recente, conduzido por pesquisadores da Universidade de Manchester, examinou a pegada de carbono e o impacto ambiental do chocolate em geral. A pesquisa avaliou os processos de produção, mas também as embalagens e os resíduos que são produzidos para fazer o chocolate consumido no Reino Unido. Concentou-se principalmente em três produtos que compõem 90% do mercado local: bombons, barrinhas de chocolate e outros chocolates embalados, ou seja, todos os produtos processados ​​que não as barras clássicas, usadas geralmente como ingrediente em receitas.

No Reino Unido, as pessoas consomem em média 8 kg de chocolate por ano, mas a que preço? Segundo o estudo, um quilo de chocolate requer cerca de 10 mil litros de água para a produção e é responsável pelas emissões entre 2,9 e 4,2 kg de CO2. O estudo estimou que a indústria de chocolate no Reino Unido produz cerca de 2,1 milhões de toneladas de gases de efeito estufa (GEE) por ano. Isso é o equivalente às emissões anuais de toda a população de uma cidade grande como Belfast.

O prof. Adisa Azapagic, responsável por sistemas industriais sustentáveis ​​na Universidade de Manchester e autor do estudo, disse:

"O cacau é cultivado em torno do equador em condições climáticas úmidas, principalmente na África Ocidental e nas Américas Central e do Sul, por isso ele precisa percorrer uma certa distância antes de transformá-lo nos produtos de chocolate que produzimos e consumimos no Reino Unido".

Portanto, não é apenas um fator de produção, mas também de movimento, transportá-lo para longe dos locais de origem onde se consomem muitos recursos, além de embalagens e refrigeração.

Mas não é só o cacau: mesmo o leite em pó, necessário para fazer os chocolates, há uma necessidade de muita energia, de fato, a indústria do leite produz enormes emissões de gases de efeito estufa.

Basicamente portanto, os pesquisadores apontam que o chocolate tem um grande impacto em nosso planeta, obviamente, não pedindo para parar de consumi-lo, mas pelo menos de estarmos cientes da situação e fazer escolhas mais conscientes. 

Talvez o estudo também possa ser um ponto de partida para ajudar os produtores (pelo menos os mais dispostos e preocupados com o meio ambiente) a melhorarem as suas cadeias produtivas para tornar o chocolate o mais sustentável possível. É um alimento além de delicioso, muito saudável. 

Leia também: DESFAZENDO 10 MITOS SOBRE O CHOCOLATE

OVOS DE PÁSCOA: 10 IDEIAS PARA RECICLAR TUDO

siga brasile pinterest

Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

siga brasile instagram

Você está no Instagram?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!