A água do mar torna-se potável com baixo custo

água do mar potável

Muito ainda se questiona a respeito do motivo pelo qual a água do mar não é utilizada para atender as necessidades de consumo da humanidade. O que ocorre é que ainda existem grandes custos para a transformação de água do mar em água potável, portanto o processo em grande escala é completamente inviável. No entanto, uma nova pesquisa parece quebrar o paradigma dos empecilhos financeiros da dessanilização e traz uma nova luz para a possível utilização da água do mar para o consumo humano, neste cenário a água do mar torna-se potável com baixo custo.

Água do mar pode ser potável segundo nova pesquisa

Um estudo publicado pela Nature Communications conduzido pelo centro Politécnico de Turim na Itália em conjunto e colaboração com o Massachussets Institute of Technology (MIT), mostrou que há uma forma de reduzir os custos significativamente na transformação da água do mar em água potável. A pesquisa trata de um novo método de osmose reversa para dessalinizar. Neste processo, utilizam-se materiais extremamente porosos (membranas) que separam a água do sal através da pressão utilizada para forçar a passagem da água.

O propósito é que as membranas desenvolvidas tenham uma capacidade ao menos dez vezes maior do que a da tecnologia vigente. Elas serão capazes de separar completamente as moléculas de água dos sais em um sistema muito mais barato e econômico financeiramente. O desenvolvimento das membranas poderá ser feito facilmente através da nanotecnologia. Neste sistema, a energia necessária para o processo seria extraída de campos eletromagnéticos, fontes de calor e também pressão hidráulica.

Os pesquisadores ilustraram o processo com o cenário de túnel automobilístico ao dizer:

“Suponhamos que motos sejam moléculas de água enquanto os carros são os íons de sal. Visualizemos que ambos estão pacientemente enfileirados esperando para passar. Agora, imaginemos que este túnel tem apenas um metro de largura, isso significa que as motos passariam mais facilmente do que os carros, que por sua vez teriam de recuar. Da mesma forma as membranas da osmose reversa permitem a passagem das moléculas de água, bloqueando os sais dissolvidos”.

Esta pesquisa é surpreendente porque “enquanto outros estudos anteriores focaram no processo de transporte dentro das membranas, nós nos dedicamos a prestar atenção ao que acontece na superfície, onde a resolução deste problema pode ser facilmente encontrada”, dizem os pesquisadores. Com isso, os cientistas mostraram que o grande gargalo enfrentando anteriormente estava na verdade relacionado à resistência do transporte da água por causa da superfície das membranas.

Assim, os resultados desta pesquisa mostram que a chave para tornar a água do mar potável consiste em quebrar a resistência da superfície das membranas em relação ao transporte da molécula de água, tendo a capacidade de bloquear os sais dissolvidos. A redução de custos, na analogia do túnel, seria uma forma de fazer com que todas as motos passassem o mais rápido possível com a menor quantidade de espaço disponível, evitando congestionamentos que atrasariam e encareceriam todo o processo.

Importância de dessalinização da água do mar

Muitos países, inclusive o Brasil, ainda sofrem com inúmeros casos de escassez de recursos hídricos para o consumo dos humanos. Enquanto não é possível contar com a água do mar, recorre-se a recursos mais caros e dispendiosos, nem sempre disponíveis dependendo das intempéries da terra. Facilitar e baratear os custos de dessalinização da água do mar é também melhorar e dar qualidade ao recursos dispostos para o desenvolvimento da vida. Portanto, uma pesquisa desta magnitude deve ser conhecida por todos para que a vida evolua cada vez mais com recursos naturais, sempre prezando primeiramente pelo meio ambiente.

Especialmente indicado para você:

setaVALE A PENA COMPRAR ÁGUA MINERAL DE GARRAFA?

setaBEBER TANTA ÁGUA ACELERA O METABOLISMO E AJUDA A EMAGRECER

setaRECEITA DE ÁGUA QUE SECA A GORDURA DO CORPO