Chamada pública financiará pesquisas sobre os impactos socioambientais no Rio Doce

greenpeace

Após meses da tragédia que afetou a vida de milhares de habitantes dos municípios próximos à barragem que se rompeu em Bento Ribeiro, artistas se sensibilizaram com a situação e promoveram shows beneficentes para arrecadar recursos com vistas a financiar estudos independentes para analisar os impactos sociais e ambientais na região.

Os recursos provenientes dos shows, realizados em São Paulo e Belo Horizonte, foram enviados ao projeto do coletivo #SouMinasGerais. Os artistas envolvidos, que atuaram voluntariamente, são Criolo, Caetano Veloso, Milton Nascimento, Jota Quest, Emicida, Tulipa Ruiz, Ney Matogrosso, Fafá de Belém, Maria Gadú, Mariana Aydar, Emicida, Nando Reis, entre outros.

A iniciativa da ONG Greenpeace, responsável por gerir os recursos e implementar as pesquisas,  têm como objetivo aprofundar os estudos sobre os impactos socioambientais nos municípios afetados para promover o reparo, em médio prazo, da vida da população da região. O Greenpeace defende o monitoramento dos impactos socioambientais como instrumento para não deixar impune o crime ambiental promovido pela Samarco, ajudando a evitar que outros incidentes ocorram.

O estudo será divulgado em linguagem acessível para que toda a sociedade tenha dele conhecimento e possa cobrar das autoridades soluções.

O financiamento para o projeto Rio de Gente, cujo edital está disponível no site do Greenpeace Brasil, contempla os seguintes temas de pesquisa: fauna, flora, água, impactos sociais e direitos das populações. “Os temas buscam gerar resultado para ajudar a entender os impactos da tragédia e gerar dados independentes para o monitoramento da recuperação do meio ambiente e compensação justa para as pessoas”, explica Nilo D’Ávila, coordenador de campanhas do Greenpeace Brasil.

O dinheiro arrecadado apoiará projetos no valor máximo de 70 mil reais durante seis meses, totalizando R$ 350 mil reais. Uma comissão especializada fará a seleção das propostas e a avaliação dos resultados finais. O prazo de inscrição vai até o dia 22 de março e o anúncio dos contemplados acontecerá até o final de março.

Leia também:

seta

FUNDAÇÃO SERÁ CRIADA PARA A RECUPERAÇÃO DO RIO DOCE

seta

POLÍCIA CIVIL INDICIA FUNCIONÁRIOS DA SAMARCO