Reciclar e reutilizar: qual é a diferença?

reciclar reutilizar diferença

É muito comum que as pessoas se confundam sobre o que é reciclar e o que é reutilizar. Há que ache que os dois conceitos são sinônimos. Entretanto, há diferenças entre o ato de reciclar e o ato de reutilizar.

Tanto a reciclagem quantoa a reutilização são processos importantes para o meio ambiente e para a gestão de resíduos, pois o objetivo final de ambas é combater o desperdício de materiais e contribuir para a diminuição de passivos em aterros e de recursos naturais.

Com a prolongação da vida útil dos materiais, seja pela reciclagem, seja pela reutilização, contribuímos para toda uma cadeia de redução do consumo de matéria-prima e de energia para produzir novos produtos.

Vejamos as diferenças entre reciclar e reutilizar!

O que é reciclagem?

A ideia de reciclar envolve a transformação de algo novo. “Re-ciclar” siginifica colocar um material em um novo ciclo de produção, tranformando-o em um outro produto com uma nova utilidade. Por exemplo, uma garrafa PET pode se transformar em fibra de poliéster, assim como a compostagem, processamento de resíduos degradáveis (casca de frutas e legumes, poda de árvores, produtos alimentícios vencidos, restos de alimentos, etc.), também é considerada reciclagem.

Vários tipos de materiais podem ser reciclados e tranformados em novos materiais ou produtos: papel, metal, vidro, tecido, plástico e componentes eletrônicos.

Todo o processo de transformação desses materiais evita o desperdício e reduz a poluição, além da emissão de gases de efeito estufa. O processo é sustentável e econômico, pois evita um novo ciclo de produção.

A coleta seletiva doméstica é também muito importante para a reciclagem, pois os resíduos separados de maneira correta têm um índice de aproveitamento que supera os 70%. Entretanto, segundo dados do IPEA, apenas 8% das cidades brasileiras têm uma estrutura adequada para a reciclagem.

O que é reutilização?

Diferentemente da reciclagem, a reutilização de um material não o coloca em um novo ciclo de produção, mas sim o reaproveita para outras finalidades. A reutilização implica dar uma nova função para um material, combatendo, também, o desperdício. Por exemplo, papéis usados que se transformam em blocos de rascunho, móveis que podem ganhar novos usos, garrafas que se transformam em objeto de decoração, etc.

A reutilização não contribui diretamente para o problema dos resíduos, mas colabora na gestão do lixo, ao reaproveitar um material que poderia ser descartado, e na exploração de recursos naturais, já que evita o consumo de produtos.

Saiba o que é upcycling

Upcycling é um outro conceito menos conhecido do que a reciclagem e a reutilização, mas igualmente importante. Com o processo de upcycling, produtos que estão no fim de sua vida útil ganham um novo valor. Por exemplo, fitas cassetes, sapatos velhos e embalagens de comida são expostos a processos físicos e químicos para aproveitá-los em sua totalidade ou o máximo possível deles. Dando valor a produtos aparentemente inúteis, o upcycling, ao contrário da reciclagem, reaproveita todo o material sem usar energia para destruí-lo e transformá-lo em um item novo.

Agora que você já sabe a diferença entre reciclar e reutilizar, é possível colocar em prática essas ações de forma consciente!

Leia também:

seta10 IDEIAS PARA RECICLAR CAIXAS DE SAPATOS

seta10 IDEIAS PRÁTICAS PARA REUTILIZAR GARRAFAS PET