Óleo de coco: extraordinários usos e benefícios para a imunidade e muito mais 

Óleo de coco

Com propriedades incríveis, capazes de melhorar significativamente a imunidade do organismo, o óleo de coco pode ser o substituto ideal (e saudável) para outros óleos que utilizamos diariamente.

Rico em nutrientes especializados na melhora da saúde, o óleo de coco é eficaz em prevenir um variado leque de doenças, especialmente aquelas que se abatem quando a imunidade está baixa. Saiba como usar o óleo de coco para aumentar e melhorar a imunidade entre outros usos benefícios.

Por que o óleo de coco é diferente dos outros óleos?

Ao contrário da maioria dos óleos que utilizamos diariamente, o óleo de coco é rico em triglicerídeos de cadeia média, gorduras responsáveis em auxiliar o fígado a executar a limpeza do nosso organismo, além de funcionar como uma espécie de combustível para o corpo.

São consideradas gorduras boas para o organismo que impulsionarão o funcionamento do metabolismo, diminuindo riscos de doenças cardíacas. Além disso, o óleo de coco é livre de colesterol.

Os benefícios do óleo de coco

oleo coco beneficios

Para fins de conhecimento, o óleo de coco é rico em ácido caprílico e ácido láurico. Estes dois nutrientes juntos são poderosos agentes na melhora da imunidade do corpo. Basicamente, lutarão contra infecções bacterianas e também problemas relacionadas à cândida.

O ácido láurico presente no óleo de coco converte-se em monolaurina que desempenha um papel fundamental de proteção ao nosso organismo. A monolaurina agirá como antiviral, combatendo uma grande gama de doenças virais. É possível também afirmar que o ácido láurico e o ácido caprílico exercerão importante função na prevenção de gripes, herpes e citomegalovírus.

Como usar o óleo de coco

Como vimos, as propriedades do óleo de coco são extremamente benéficas para a saúde, fazendo com que nosso corpo esteja protegido contra eventuais problemas oriundos da baixa imunidade. Isso significa que a ingestão de óleo de coco será necessária para que possamos obter estes nutrientes.

No entanto, é importante que tenhamos um alerta de consumo antes de considerarmos adicionar o óleo de coco à nossa dieta. Ao contrário do que muitos orientam, o adequado é que não consumamos mais do que uma colher de chá de óleo de coco por dia. A ingestão demasiada ou descontrolada não será benéfica, e isso vale para qualquer alimento.

No caso do óleo de coco, a ingestão exagerada poderá causar algumas reações no organismo, como fadiga, dores musculares ou de cabeça e etc. Assim, tendo em mente que o máximo recomendado é uma colher de chá de óleo de coco por dia, podemos prosseguir.

Em termos práticos, o óleo de coco pode ser ingerido naturalmente, mas há alguns detalhes que devemos prestar atenção. O óleo de coco não deve ser aquecido para frituras, pois isso pode fazer com que seus nutrientes se percam.

É possível encontrar formas prazerosas de ingerir o óleo de coco. Ele pode ser consumido com:

círculo verde Aveias ou granola natural

círculo verde Sopas naturais de legumes e vegetais (com brócolis fica excepcionalmente saboroso)

círculo verde Para temperar saladas

círculo verde Para complementar pratos (pode ser adicionado sobre um prato quente sem problemas, basta não ser frito)

círculo verde No preparo de molhos como complementação de tempero

O óleo de coco também pode ser aplicado diretamente sobre a pele. Como todos sabemos, a pele é o maior órgão que temos no corpo, tão logo absorverá tudo o que estiver sobre ela. Basta aplicar o óleo de coco diretamente sobre a pele, deixar agir por 15 minutos e remover com água em temperatura ambiente. É possível também aplicar sobre os pés ou mãos para massagens, garantindo assim seus efeitos de melhora na imunidade e sistema imunológico como um todo.

Usos alternativos

 
oleo de coco

O óleo de coco não é só um ingrediente multiuso essencial para cuidar da saúde e da beleza, cheio de benefícios e com um cheirinho delicioso. Mas também é muito útil para a limpeza da casa e outras aplicações inimagináveis! Veja abaixo 10 usos originais para esta maravilha.

1. Remover manchas

Misture bicarbonato de sódio e óleo de coco para obter um produto que irá ajudar a remover facilmente as manchas resistentes nas superfícies da casa, tais como sanitários e azulejos. Misture uma colher de sopa de óleo de coco líquido e uma colher de sopa de bicarbonato de sódio para um creme abrasivo e perfumado.

2. Lustra móveis

Para brilhar a sua madeira, adicione uma colher de chá de óleo de coco líquido e uma colher de chá de suco de limão, ou, pelo menos, partes iguais de ambos os ingredientes. Mexa vigorosamente com um garfo e use o composto para polir os móveis em pequenas quantidades, usando um pano macio. O mesmo pode ser deito com azeite de oliva.

3. Repelente natural de insetos

Para fazer um repelente natural, dilua 5 a 10 gotas de óleo essencial de eucalipto ou de gerânio, em 50 ml de óleo de coco. Aplique sobre a pele, os pernilongos não gostam deste cheiro e ficarão longe de você. Nunca use óleos essenciais puros sobre a pele das crianças, e nos bebês, evite-os completamente, mesmo se diluídos.

4. Antibiótico contra a cárie dentária

O óleo de coco, tratado com uma enzima particular, é capaz de neutralizar o aparecimento da cárie dentária. A nova descoberta foi ilustrada recentemente pela Sociedade de Microbiologia Geral da Universidade de Warwick. Os peritos avaliaram os efeitos do óleo de coco natural e a sua combinação com esta enzima particular, em um processo que simula a digestão.

5. Oil Pulling: enxaguante bucal

Provavelmente por causa de seus potenciais benefícios para a saúde dos dentes, o óleo de coco juntamente com o óleo de gergelim, é um dos mais amplamente utilizados para o oil pulling, uma técnica de higiene bucal e de eliminação de toxinas sugeridas pela medicina ayurvedica. Um estudo comprova a eficácia da prática tradicional indiana para o tratamento da cárie e halitose, pois ajuda o corpo a eliminar resíduos e bactérias que durante a noite são depositados sobre a língua e dentes.

6. Fazer a barba

Para facilitar o barbear pode-se aplicar sobre a pele uma pequena quantidade de óleo de coco, de forma a tornar mais fácil o deslizamento da lâmina. O óleo de coco também pode ser usado após o barbear, pois alivia cortes e vermelhidões. Para acalmar a pele, combine óleo de coco com gel de aloe vera.

7. Remover goma de mascar

Isso pode acontecer, especialmente entre as crianças que, inadvertidamente, colocam a goma de mascar nos cabelos. Não entre em pânico, você não vai precisar recorrer à tesoura :) Apenas encha a goma de mascar com o óleo de coco na área afetada e então proceda com a maior delicadeza para a remoção manual da goma.

8. Creme Corporal

Especialmente, se a pele estiver completamente seca, substitua a loção comum com o óleo de coco, o qual pode ser aplicado na forma líquida ou sólida (dependendo da temperatura ambiente e das estações do ano) depois de tomar banho e, quando necessário. Assim você terá uma pele sempre macia, sedosa e perfumada. O óleo de coco é um ingrediente multiuso realmente fenomenal para o cuidado da pele.

9. Cuidados com os pés

O óleo de coco é recomendado como um remédio natural muito eficaz para o cuidado com os pés. Massageie os pés com óleo de coco, talvez em combinação com óleo essencial de lavanda ou óleo da árvore do chá para prevenir infecções fúngicas. Mas o óleo de coco é especialmente formidável para amaciar a pele grossa dos calcanhares. Passe o óleo a noite e coloque uma meia para dormir e acordar com os pés de Cinderela.

10. Proteja os lábios

Para proteger os lábios de rachaduras, coloque na geladeira o óleo de coco em um potinho de creme. O óleo de coco no frigorífico tende a se solidificar, devido à baixa temperatura e fica com uma consistência semelhante à da manteiga de cacau. Desta forma, você pode usar o óleo de coco puro como se fosse de um humectante labial normal mas muito natural :)

Recomendações gerais sobre óleo de coco

Mesmo que seja um óleo natural e extremamente saudável, é importante sempre consultar um profissional de saúde antes de optar pela ingestão arbitrária de óleo de coco. Cada organismo reagirá diferente diante de cada nutriente, portanto cabe ao profissional de saúde indicar o melhor nutriente para cada organismo.

Leia também:

setaÓLEO DE MELALEUCA: SUAS MIL UTILIDADES, PROPRIEDADES E COMO COMPRÁ-LO

setaÓLEO ESSENCIAL DE LAVANDA: 10 USOS FANTÁSTICOS PARA A SAÚDE E O BEM-ESTAR

setaLEITE DE COCO: TANTAS PROPRIEDADES E USOS

setaAROMATERAPIA: PRINCIPAIS ÓLEOS E UTILIZAÇÕES