Óleo de andiroba para cabelo, rosto e muito mais

  • atualizado: 
oleo de andiroba

Os óleos vegetais estão na moda. E não é para menos. Compostos de muitas vitaminas e minerais essenciais, os óleos podem fazer muito bem para a saúde do corpo, dos cabelos, da pele. Entre os mais interessantes, está o óleo de andiroba, originário da região amazônica.

Ele é extraído da árvore de andiroba, que contém ainda um madeira de alta qualidade, utilizada no comércio e também na construção civil.

Atualmente, o óleo de andiroba compõe ainda vários cosméticos disponíveis no mercado, justamente por conter vitaminas, como as

  • A,
  • B1,
  • B2,
  • B6,
  • C e
  • E,
  • além de minerais e ácidos graxos.
 

BENEFÍCIOS DO ÓLEO DE ANDIROBA

Todos esse nutrientes fazem do óleo de andiroba um produto com muitos benefícios para a nossa saúde e beleza. Vejamos quasi são os seus benefícios mais conhecidos:

  1. Nutre e hidrata o cabelo
  2. É bom para a pele
  3. É anti-inflamatório
  4. É analgésico
  5. Possui efeito repelente
 

1. Nutre e hidrata o cabelo

O óleo de andiroba pode ser usado para fazer umectações e hidratações, justamente por atuar nutrindo o cabelo e hidratando-o. A ação do óleo de andiroba reduz o frizz, as pontas duplas, diminui o volume, e deixa os fios mais macios e com brilho. É indicado, principalmente, para cabelos cacheados, crespos, muito danificados e ressecados. Vale lembrar que o óleo precisa ser 100% puro para que todo o potencial nutritivo seja aproveitado.

No caso da umectação, há duas formas de fazê-la: aplicando uma quantidade de óleo nos fios, mecha a mecha, sem atingir a raiz, deixar agir por 1 hora e depois lavar, normalmente.

Dá também para fazer uma umectação mais profunda, aplicando o óleo no cabelo, deixando-o agir por cerca de 8 horas. Nesse caso, recomenda-se fazer o procedimento à noite, antes de dormir. Depois é só lavar os cabelos, no dia seguinte.

É possível ainda incluir o óleo de andiroba no creme de hidratação para potencializar o efeito. E até mesmo no leave-in para deixar os fios mais nutridos. A aplicação no leave-in só é recomendada para quem tem cabelos muito cacheados ou crespos, pois, do contrário, pode deixar os fios pesados e sem vida.

2. É bom para a pele

Os efeitos de nutrição e hidratação se estendem também a pele. Ele penetra rapidamente nas camadas do tecido, e possui ainda efeito protetivo, funcionando como uma barreira. Ele é indicado para peles secas e no tratamento de doenças de pele, como eczemas e psoríase.

3. É anti-inflamatório

O óleo de andiroba possui efeito anti-inflamatório também e pode ser usado para tratar dores musculares, lesões, inchaço, vermelhidão, entre outras coisas. Tem ainda efeito cicatrizante, podendo ser usado para tratar ferimentos e episódios dolorosos.

4. É analgésico

Outro uso interessante é para tratar e amenizar dores. Para tanto basta massagear o local afetado com o óleo.

5. Possui efeito repelente

Estudos sugerem que o óleo de andiroba é útil também como repelente, podendo afastar diversos tipos de mosquito e tratar as picadas de insetos, diminuindo a dor, a coceira e o inchaço.