Camisinha vegana
Camisinha vegana

Camisinha contém produto de origem animal e contribui para o desmatamento. Mas opção vegana já existe

Pouca gente sabe, mas os preservativos tradicionais têm uma proteína chamada caseína (encontrada no leite dos mamíferos) para deixar o látex mais macio. Nesse sentido, a camisinha – item tão importante no que diz respeito ao sexo seguro – não é um produto vegano. Mas, felizmente, opções veganas já existem!

Segundo a BBC News, foi pensando nessa fatia de mercado que os empreendedores Philip Siefer e Waldemar Zeiler resolveram investir em uma camisinha vegana. Criadores da empresa Einhorn, que significa unicórnio em alemão, os dois empresários já estavam há dez anos no mercado de startups quando decidiram buscar uma alternativa mais voltada para seus valores.

Apesar de não ser a primeira empresa a fazer isso (a americana Glyde lançou uma camisinha vegana em 2013 e outras adotaram o mesmo modelo), a preocupação de Siefer e Zeiler com a sustentabilidade era ir além da substituição de itens de origem animal de seus produtos.

Vegano e sustentável

Além da troca da caseína por um lubrificante natural feito de plantas, o látex obtido para produção dos preservativos é adquirido de pequenos produtores da Tailândia, ao invés das monoculturas tradicionais da borracha, que contribuem para o desmatamento (porque de larga escala). A dupla fiscaliza as condições de trabalho dos funcionários e a produção não usa agentes químicos.

O projeto de ambos começou com uma campanha de financiamento coletivo, que conseguiu angariar 100 mil euros. No ano passado, a empresa deles vendeu mais de 4,5 milhões de camisinhas e lançou produtos de higiene feminina produzidos com algodão orgânico.

A dupla assinou um manifesto obrigando a Einhorn a investir 50% dos lucros em projetos sustentáveis. A ideia agora é ampliar a área de atuação e levar petições ao Parlamento alemão com temáticas como políticas climáticas e igualdade de gêneros.

Talvez te interesse ler também:

VOCÊ REALMENTE QUER SALVAR O PLANETA? ENTÃO FAÇA ESTAS 4 COISAS

JOKER CONTRA O ESPECISMO: JOAQUIN PHOENIX LEMBRA QUE SOMOS TODOS ANIMAIS, E NOS CONVIDA AO VEGANISMO

SOBRE O VEGANISMO → AS VERDADES QUE NINGUÉM QUER FALAR

Sobre Daia Florios

Daia Florios
Ingressou no curso de Ecologia pela UNESP e formou-se em Direito pela UNIMEP. É fundadora e redatora-chefe em GreenMe Brasil.

Veja Também

A caixa de ovos que pode ser plantada e produz leguminosas

Parece uma caixa de ovos normal, mas uma vez que seu conteúdo acaba, ela não …