Rótulos de advertência nos alimentos funcionam no combate à obesidade

  • atualizado: 
rótulo

A implementação de rótulos de advertência nos alimentos fez com que os hábitos alimentares da população do Chile mudasse consideravelmente. Essa constatação foi feita através de um estudo elaborado pela Universidade do Chile, em parceria com a Universidade Diego Portales e com a Universidade da Carolina do Norte, nos Estados Unidos.

O Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec), publicou recentemente os resultados dessa pesquisa ocorrida em 2017, no Chile. Após um ano de implementação dos novos rótulos nos alimentos, mães de crianças entre 2 e 14 anos participaram da pesquisa e relataram as mudanças nos hábitos alimentares delas.

A nova regulamentação dos rótulos nas embalagens tem o intuito de combater a obesidade infantil no Chile e também de alertar para que os consumidores façam escolhas mais saudáveis. O estudo em questão demonstrou que as participantes tiveram essa consciência, bem como adotaram o hábito de observar mais os rótulos após a implantação dessa nova regulação.

Novos rótulos no Chile

O Chile foi um dos primeiros países a inserir essa mudança e vem servindo de exemplo para outros países, como o Brasil. Existe um processo da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) em andamento para atualizar as regras de rotulagem nutricional brasileiras.

Essa nova rotulagem no Chile, foi implantada a partir de 2016. Nela, os alimentos processados e ultraprocessados vendidos nos supermercados, receberam uma impressão a mais nas embalagens. Trata-se de um alerta em forma de octógono preto na parte da frente do rótulo, que serve para indicar a quantidade de alguns ingredientes perigosos para a saúde.

Com isso, os consumidores conseguem ter acesso de maneira mais clara às informações do produto, sem precisar se ater às letras miúdas, algo extremamente difícil até mesmo para quem enxerga bem. O octógono preto chama a atenção e permite visualizar melhor as quantidades excessivas de sódio, açúcar e gordura contidas nos produtos.

Apesar da melhora na visibilidade desses ingredientes prejudiciais à saúde, muitas pessoas não se atentam para essas informações ou acabam ignorando-as em detrimento da satisfação de suas vontades. Por isso é importante também salientar que os consumidores precisam ter mais atenção aos rótulos.

Alerta nas escolas

A mudança na rotulagem dos alimentos não se limita apenas às prateleiras dos supermercados. Nas escolas chilenas, os alimentos não saudáveis também estão sendo banidos das cantinas.

As mães que participaram do estudo em questão disseram que o ambiente escolar ficou mais saudável. No entanto, essa mudança impactou mais as crianças do que que os adolescentes, segundo informou o Idep.

Conclusão

Após seis meses da implantação da nova rotulagem no Chile, o Ministério da Saúde avaliou a aceitação da nova norma junto à população e os resultados foram os seguintes:

  • 92,4% dos entrevistados são favoráveis às advertências;
  • 91,3% são favoráveis à proibição da venda de produtos não saudáveis nas escolas;
  • 74,5% são a favor da restrição à publicidade desses produtos para crianças e adolescentes;

Com relação à eficácia do selo de advertência, os resultados foram:

  • 43,8% dos entrevistados disseram que prestam atenção aos selos na hora da compra;
  • 91,3% afirmaram que o selo influencia parcialmente ou totalmente a escolha do produto.

Ou seja, muita gente compra produtos sem prestar atenção nos rótulos, ou pior, sabem da existência do alerta, mas o ignoram!

E você? Costuma observar o que está contido nos produtos que compra no supermercado ou compra no automático?

Talvez te interesse ler também:

EXISTE QUASE TANTA GENTE OBESA QUANTO DESNUTRIDA: NÃO AO BIGFOOD

NUTELLA E SEUS INGREDIENTES, A FOTO VIRAL QUE REVELA O QUE O RÓTULO NÃO DIZ

ANVISA PRETENDE MUDAR RÓTULOS DOS ALIMENTOS EM 2018

Fonte foto

siga brasile pinterest

Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

siga brasile instagram

Você está no Instagram?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!