Anvisa pretende mudar rótulos dos alimentos em 2018

  • atualizado: 
rótulos

Muitas pessoas consomem seus alimentos atentando para os rótulos das embalagens, tentando buscar informações que as façam consumir produtos adequados às suas necessidades. Entretanto muitas vezes esta busca acaba não trazendo resultados satisfatórios, por uma quantidade de informações muitas vezes de difícil compreensão pelo cidadão. Mas isso deve poderá mudar em breve.

Segundo informou o Estadão, a Anvisa tem como prioridade que os rótulos de alimentos sejam modificados a partir de 2018, seguindo sugestões de órgãos de defesa do consumidor e associações médicas.

Estão sendo traçadas alterações para que os rótulos contenham mais informações e que contribuam efetivamente para que as pessoas possam se certificar do que estão consumindo em quantidades de açúcar, sal e gordura.

Estas mudanças estão sofrendo vários embates de propostas e ideias entre o Instituto de Defesa do Consumidor (Idec) e a Rede de Rotulagem, que congrega entre outras a Confederação Nacional da Indústria (CNI) e a Associação Brasileira das Indústrias da Alimentação (Abia), por discutirem a forma de rótulos e informações mais adequada.

O Idec sugere informações de alertas específicos sobre os níveis das substâncias, para melhor entendimento e transparência dos riscos, enquanto os representantes das indústrias querem o uso de cores como forma de alerta, para evitar tons alarmistas para os consumidores.

Existem outras propostas sendo analisadas que preveem alterar os alertas de ingestão transformando as informações de calorias para totais de ingestão em totais de gramas, por alimento. E também a proibição de utilizar imagens de personagens infantis em embalagens de consumo por crianças.

Discutir estas mudanças é um grande passo para permitir a mudança de hábitos de consumo, através de maior transparência nas informações das embalagens dos produtos.