E se a xícara de café fosse comestível?

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin

Menos plástico, menos desperdício d’água, menos sabão para o meio ambiente. Copos, talheres, pratos podem ser comestíveis, biodegradáveis, retornáveis ou compostáveis. Tudo vale a pena na busca de soluções sustentáveis para o consumo e para substituir de vez o plástico de nossas vidas. Hoje vamos falar de mais uma ideia.

Nosso cafezinho pode ser muito poluente se a cada vez que o bebermos, no trabalho, por exemplo, usarmos um copinho descartável. Pior ainda se usarmos aquelas colherzinhas de plástico para mexer o café. Muitos itens de plástico descartável já estão proibidos no Brasil e no mundo. Canudos principalmente, dada a inutilidade deles.

Pensando em aliar sabor a uma ação sustentável, a Lavazza criou o Cookie Cup, uma xícara comestível para ser consumida após tomar um café. O objetivo da criação é reduzir o impacto no meio ambiente evitando o descarte de xícaras descartáveis e o uso de água para lavar as reutilizáveis.

A criação da Lavazza não é nova: ela foi apresentada, em 2003, na Food Design a partir do trabalho desenvolvido pelo designer Enrique Sardi, que é chefe de pastelaria da Lello Parisi e integrante da equipe da Lavazza. A xícara é feita de uma massa podre moldada e assada em formas especiais no formato da xícara de espresso Lavazza Segno. O biscoito é revestido com um glacê especial de açúcar que resiste ao calor do café. Apesar de saborosa e de ser uma boa ideia para reduzir o impacto ambiental, as xícaras nunca foram efetivamente lançadas no mercado.

A ideia pode ser sustentável, mas para quem é amante de café e bebe várias xícaras da bebida diariamente talvez não seja uma boa ideia comer o Cookie Cup na mesma proporção do consumo da bebida, já que é feito de açúcar.

Mas, de qualquer forma, a ideia é muita boa e, quando bate aquela vontade de comer um docinho junto com o café, o Cookie Cup vem a calhar.

Este é mais um exemplo de que podemos dar adeus ao plástico pra sempre, com criatividade, engenho e muito sabor!

Talvez te interesse ler também: 

Lindos, comestíveis e biodegradáveis: pratos e talheres feitos de farelo de trigo

Do Vietnã canudos naturais, mastigáveis limpam os dentes e totalmente biodegradáveis

Milho e abacaxi viram pratos e talheres que podem ser plantados

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin
É doutora em Estudos de Linguagem, já foi professora de português e espanhol, adora ler e escrever, interessa-se pela temática ambiental e, por isso, escreve para o GreenMe desde 2015.
Você está no Instagram?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!

Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

Siga no Instagram
Siga no Facebook