Áster, a Flor da Simplicidade e outros Significados. Como Plantar

  • atualizado: 
Áster Flor

Aster é um género botânico pertencente à família Asteraceae. Pode ser encontrado em abundância no mundo inteiro e tem a flor parecida com a da Margarida. A origem dessa planta é de mais de 4.000 anos, sendo utilizada para embelezar jardins. Fazem parte deste, cerca de 600 espécies. Saiba mais informações sobre essa planta e sua delicada flor, e veja como tê-la em seu jardim.

1. Família

A flor áster pertence à família das Asteraceae, que por sua vez faz parte da ordem Asterales.

Alguns representantes dessa família são o Absinto (Artemisia absinthium), a Alface (Lactuca sativa), o Girassol (Helianthus), o Crisântemo (Chrysanthemum sp.), a Margarida (Bellis perenis), entre muitas outras plantas, e são encontradas em regiões tropicais, subtropicais e temperadas.

2. Descrição e Características

O áster é uma planta nativa da América do Norte, de duração perene, com a flor em forma estrelada.

A altura dela chega até 8 cm, dependendo da variedade, seus caules são longos e sua florada é anual.

Ela apresenta ramagem bastante ramificada e folhas pequenas, de coloração verde-escura.

As flores reúnem-se em capítulos pequenos, com pétalas em volta de centro amarelo e saliente que atrai abelhas e borboletas.

A flor da áster pode parecer ser uma única flor, mas na verdade é um conjunto de pequenas flores tubulares, agrupadas em um disco central, cercado por pétalas, dando a ilusão de ser uma flor só.

3. Algumas Variedades de Áster

Seguem algumas variedades de áster, com suas flores de cores diferenciadas:

Rei George (Aster amellus), que se destaca pelas suas grandes flores azuis-violetas.

Spray de Prata (Aster cordifolius), que possui flores brancas com nuances rosas.

Nanus (Aster thomsonii), com flores em forma de estrela de cor azul-lilás.

4. Diferenças entre Mosquitinho e Áster

Devido existir uma variedade de áster com as flores brancas e parecidas com as da planta Mosquitinho, também chamada de Gipsofila, é normal confundir uma com a outra.

Tanto as flores do Mosquitinho como as da áster podem ser utilizadas na decoração de casamentos campestres ou nos buquês de noivas e das damas.

Uma diferença entre as flores dessa duas plantas é que as áster são maiores e têm o preço bem mais em conta e podem ser encontrada o ano inteiro.

5. Significados da Flor Áster

A flor do áster, além de ser bela, também têm diferentes significados, saiba quais são:

O nome áster deriva do grego e significa "Flor Estelar", por causa da forma de suas flores.

As flores do áster eram consideradas sagradas pelos antigos gregos e romanos, que as utilizavam para enfeitar os altares em consagração aos deuses.

Nos tempos antigos, acreditava-se que o perfume de suas folhas queimadas afastava as serpentes.

Em tempos de guerra, as flores de Áster foram colocadas sobre o túmulo de soldados franceses para homenageá-los.

Na linguagem das flores, os ásteres simbolizam o Amor, Paciência, Lealdade, Sabedoria, Luz e Poder.

Para os Chineses esta flor é símbolo da Fidelidade (por isso, nos casamentos são uma ótima pedida).

6. Lenda da Flor Áster

Há diversas lendas de origem grega e romana associadas à esta planta. Entretanto, a lenda que será partilhada neste conteúdo é oriunda dos índios Cherokee da América do Norte.

Esta lenda conta que duas tribos estavam em guerra, por causa de um território.

Durante um conflito, praticamente todos os habitantes de uma aldeia foram mortos, restando duas jovens irmãs que se encontravam em um bosque.

Uma das jovens estava vestida de amarelo vivo e a outra tinha um vestido azul-alfazema.

Horrorizadas com a tragédia, as duas jovens fugiram para uma montanha a procura da Senhora das Ervas, que era conhecida por ter o dom de produzir poções mágicas, feitas com plantas.

Quando chegaram onde vivia a Senhora das Ervas, as duas irmãs muito cansadas, adormeceram sobre a relva.

A Senhora das Ervas tinha o poder de prever os acontecimentos e ao vê-las dormindo, anteviu que os guerreiros, que destruíram a aldeia, estavam à procura das duas jovens.

Para salvá-las, a curandeira regou-as com uma das suas poções mágicas e cobriu-as com folhas.

No dia seguinte, as jovens estavam transformadas em belas flores.

Uma das flores, tinha o formato de pequena estrela, de cor azul-alfazema, era o Áster e a outra, a Vara-Dourada.

7. Plantio do Áster através das Sementes

Para o plantio e cultivo do áster é recomendado uma mistura de solo rica em matéria orgânica, contendo:

1 parte de terra comum de jardim

1 parte de terra vegetal

2 partes de adubo vegetal

Para o local do plantio do áster, escolha um local com incidência de Sol parcial.

O solo deve ser úmido, bem drenado e fértil.

O áster prefere clima quentes e úmidos, especialmente com temperaturas noturnas frescas.

É recomendado o plantio do áster no início ou no meio da primavera.

Caso você opte por germinar as sementes em pequenos vasos, sementeiras ou pequenos canteiros, quando elas virarem pequenas mudas, será necessário o transplantio delas.

Quando a muda estiver com uma altura de 6 a 8 centímetros, será o momento de transplantá-las do vaso para um canteiro maior ou para o solo do jardim mas, cuidado, o áster é muito sensível ao transplante, por isso faça a mudança para um local definitivo.

Para a germinação das sementes direto no solo do jardim coloque-as em uma covinha no solo, com 1 cm de profundidade, mantendo um espaço entre uma e outra, de 1 a 3 metros de distância, dependendo da variedade, geralmente esta planta alcança de 30 a 45 centímetros de altura e 30 centímetros de largura.

Regue com um borrifador, pela manhã ou à noite, durante o período de germinação.

O tempo de germinação das sementes de áster é de 14 dias.

8. Como Plantar Áster no Vaso:

Se preferir realizar o plantio de ásper através de muda em vaso, siga os seguintes passos:

  1. Adquira uma muda de áster.
  2. Coloque argila expandida ou brita no fundo do vaso.
  3. Sobre a argila expandida acrescente a manta de bidim ou manta de poliéster para filtrar a água, evitando que a terra se infiltre por entre as bolinhas da argila (ou pedras), entupindo o dreno (o buraco do vaso).
  4. Acrescente solo adubado e desfaça um pouco o torrão da raiz da muda de áster, utilizando para isso as mãos, visando com isso que as raízes se adaptem melhor ao vaso.
  5. Para dar acabamento ao vaso e também para proteger a planta, cubra o solo com galhinhos e folhas secas.

9. Os Cuidados com o Áster

Em cada primavera, adicione uma camada de 2 cm de cobertura vegetal, em torno das plantas.

Caso tenha pouca incidência de chuva, regue as plantas regularmente durante o verão, mas cuidado para não deixar o solo muito úmido, pois o áster é sensível à muita umidade.

Se necessário, coloque estaca para manter o caule do áster ereto.

Faça a poda (tirando as folhas secas) do áster, no período do Inverno.

O florescimento do áster se dá no verão e no outono.

10. A simplicidade é sofisticada!

Esta planta de flores singelas conferem alegria e até sofisticação ao ambiente, graças a beleza suave e a leveza de suas flores!

Talvez te interesse ler também:

PEÔNIA, A MAJESTADE DO JARDIM, PLANTA DE TANTOS SÍMBOLOS E SIGNIFICADOS

ANTÚRIO: UMA PLANTA CHEIA DE SIGNIFICADOS, EXÓTICA E FÁCIL DE MANTER

FLOR DE LÓTUS: LINDA E PURA, APESAR DA LAMA QUE A RODEIA, E OUTROS SIGNIFICADOS

siga brasile pinterest

Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

siga brasile instagram

Você está no Instagram?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!