Lavanda → Como Cultivar em Vasos e no Jardim

  • atualizado: 
como cultivar lavanda

Lavanda, a de Provence, é a planta Lavandula angustifolia, que é pouco adequada ao nosso clima brasileiro. Alfazema sim, é fácil de se cultivar - a alfazema é a Lavandula dentata, uma espécie mais adaptada ao clima quente e úmido que temos por cá.

Tanto uma como outra espécies de Lavandula são plantas rústicas, entouceiradas, que crescem como arbustos redondos e podem durar até 12 anos, produzindo suas lindas flores e aroma sem par.

As lavandas, em geral, não suportam climas muito úmidos e também não gostam de calor em demasia, por muito tempo.

Na Europa a gente encontra lavandas, de espécies diversas, de norte a sul, em áreas rurais ou urbanas, compondo canteiros, vasos ou extensos campos de cultivo para produção do óleo essencial.

A ecologia das lavandas

Solos calcários e arenosos

Apesar de ser uma planta rústica, bastante tolerante às variações de temperatura, a lavanda prefere solos bem drenados, leves (mais para o arenoso) e moderadamente férteis, com pH entre 6,5 e 7,5.

O ideal para os cultivos de lavanda são os solos calcários e, se este não for o seu caso, você precisará acrescentar cal e nutrientes para favorecer o enraizamento.

Água em excesso é fatal

Muita água é fatal para qualquer espécie de lavanda e, pior ainda, se o solo ficar encharcado. No enraizamento é importante que se mantenha a umidade do solo mas, depois que a planta estiver firme, bem enraizada, ela só precisará de ser irrigada esporadicamente.

Onde se produz bem lavanda aqui no Brasil?

Aqui em São Paulo há campos de alfazema, extensos e produtivos, em Cunha, uma cidadezinha no alto da Serra do Mar, onde o clima é mais frio, os verões são mais amenos e o solo, calcário. Veja, sobre essa experiência de cultivo de lavanda (espécie Lavandula dentata) aqui.

Em Gramado, no RS, há um parque de lavandas de variedades diferentes pois o clima de lá, bem mais frio e seco, permite o cultivo de outras diferentes da Lavandula dentata, a única espécie que aguenta clima mais quente.

parque de lavandas gramado

Fonte foto: matraqueando.com.br

Como se planta a lavanda?

Se você preferir as sementes, encontre aquelas variedades que sejam mais adequadas ao clima da sua região.

Semeie superficialmente e cubra levemente com terra solta peneirada. Você poderá semear diretamente no local definitivo, jardim ou jardineira mas, também poderá preparar as mudas em bandejas, para melhor controlar seu desenvolvimento.

A germinação das sementes acontece de 2 a 6 semanas após a semeadura, dependendo das variedades, da disponibilidade de nutrientes e do clima.

Mas, cultivar com sementes pode ser mais complicado do que parece pois, algumas variedades requerem escarificação e alternância de temperaturas.

Lavanda por estacas

Mas, as lavandas também podem ser reproduzidas por estacas, ramos de 10 cm, sem folhas, cuja parte inferior deverá ser enterrada na terra.

Tanto para as sementeiras como para as estacas, o solo precisa ser mantido levemente úmido.

No campo se recomenda um espaçamento de 30 a 90 cm entre cada planta, para que estas cresçam sem se atrapalharem.

Em vasos, prefira aqueles que tenham, no mínimo, 30 cm de profundidade e de diâmetro.

O mais prático é você comprar uma muda já desenvolvida, no ponto para colocar no local definitivo.

Preparação da terra para a lavanda

A terra para plantar lavanda, seja em vaso ou no jardim, deverá ser preparada com 1 semana de antecedência - em Cunha se usa, para cada cova (30 X 30 cm) 150 gr de calcário, 70 g de fósforo e 50 g de torta de nim - para que o pH se equilibre e os nutrientes sejam absorvidos.

Após esse prazo você pode colocar uma muda (com 20 cm de altura) por cova e manter uma frequência de regas adequada para o clima da sua região, que umedeça a terra mas não a sature.

Cuidados com a sua lavanda

  • Mantenha a sua lavanda sem outras plantas no vaso, ou em sua volta, no jardim, para reduzir a concorrência pelos nutrientes.
  • Corte os ramos secos e os mais velhos, que se formam por baixo da touceira, para que não fiquem lenhosos.
  • Para aumentar a massa vegetal, corte as flores antes destas abrirem - essa medida obriga a planta a soltar mais ramos verdes e a próxima florada será maior.
  • Após o plantio da muda de lavanda (lembre-se que as mudas para serem transplantadas já terão, ao menos, 3 meses de idade) a planta estará em plena produção florífera , para colheita, em 8 a 9 meses.
  • A floração das lavandas é mais abundante a partir do 2º ano.
  • Colher flores da sua lavanda
  • Você pode colher flores em qualquer época mas, para fazer uma poda radical, prefira o outono.
  • Os ramos floríferos devem ser cortados acima da bifurcação mais baixa.

Colhendo flores para secar

Esta é uma boa forma de se usar a lavanda como aromatizador de ambientes. Basta você colher 100 hastes floridas, amarrá-las e pendurá-las para secar, em um canto da sua sala.

Com flores de lavanda, secas, você também poderá fazer sachês para aromatizar os armários e gavetas.

Modelando seu vaso de lavanda

Se você preferir uma planta baixinha, mantenha-a na altura conveniente por meio de podas formadoras. A lavanda rebrotará facilmente desde que tenha luz solar por, pelo menos 4 horas ao dia.

Proteja o vaso de lavanda contra o excesso de calor

É bom cobrir o vaso com pedras, bolas de argila ou casca de pinheiro, que mantém a terra fresca e úmida. O sol direto e muito quente pode queimar sua planta.

O vaso ficou pequeno?

A lavanda é uma planta perene e, se for bem cuidada poderá durar mais de uma década com flores lindas. Mas, se o vaso ficou pequeno, não hesite em trocá-lo: para isso basta você umedecer a terra, que se soltará das beiradas, e aconchegar o torrão com a planta, em outro vaso, maior e já preparado.

Ter um vaso de lavanda em casa é uma delícia que vai aromatizar toda a sua casa.

lavanda em casa

O uso da lavanda na cozinha

Você pode usar flores e folhas de lavanda para aromatizar bebidas, fazer chás e banhos de cheiro.

Leia mais sobre os usos e benefícios da lavanda:

seta LAVANDA, ALFAZEMA - ALGUNS USOS CURATIVOS

seta ÓLEO ESSENCIAL DE LAVANDA: 10 USOS FANTÁSTICOS PARA A SAÚDE E O BEM-ESTAR