Como fazer brinquedos reutilizando diferentes materiais

Como fazer brinquedos reutilizando diferentes materiais

Se perguntarmos aos mais velhos, confirmaremos que nem tanto tempo faz, a maioria dos brinquedos era artesanal, a maioria deles feita com recursos naturais como a madeira. Já o que vemos hoje em dia é diferente, há um cenário de distribuição quase caótica de brinquedos (em geral “made in china”) que inundam o mercado e poluem o ambiente. Para resgatar um pouco a vida saudável, vamos aprender aqui como fazer brinquedos divertidos reutilizando diferentes materiais do nosso dia a dia.

Com os conceitos errôneos da contemporaneidade, compramos a ideia de que quanto mais caro o brinquedo, melhor. Obviamente, além de ser uma grande falácia do mercado, o valor material do brinquedo não tem relação alguma com sua qualidade de fruição. Quem conhece as crianças sabe que os brinquedos são uma mera ferramenta para sua diversão. Tão logo, mesmo o mais simples dos brinquedos pode ser também o mais divertido deles, desde que a criança cresça em um ambiente saudável, cercada com amor de seus criadores.

Isso se comprova com a idade da criança, por exemplo, os bebês. Um bebê não tem noção da origem ou qualidade mercadológica de um brinquedo, tanto é que um simples chaveiro ou um mero barbante é o suficiente para arrancar belos (e banguelos) sorrisos. Conforme a criança vai crescendo e sendo exposta aos bombardeios de marketing, mais ela acredita na errada ideia de que somente a “qualidade” (ou quantidade) pode garantir a diversão. Assim, vende-se a ilusão e o mimo às crianças, jogando sobre elas produtos muitas vezes poluentes de plástico e geralmente tóxicos, que agredirão tanto a criança quanto o meio ambiente.

Em contraposição a isto, mostraremos um pouco aqui que é possível o cenário oposto, aprendendo como fazer brinquedos reutilizando diferentes materiais como garrafas PET, rolhas, pedrinhas, tampas de garrafas e muitos outros.

Brinquedos de rolo de papelão

Este é um dos brinquedos artesanais mais indicados para iniciar a prática de reutilização, afinal todo mundo tem rolo de papelão em casa (seja o do rolo de papel toalha quanto do rolo de papel higiênico). É muito simples e não tem muito segredo, basta pegar o rolo e utilizar a criatividade com a criança. Sugerimos a utilização de tinta guache não tóxica e cola bastão caso vá colar detalhes como asinhas ou anteninhas. Dá para usar as mais divertidas e variadas cores, garantido um resultado alegre. Veja:

Brinquedos de rolo de papelão

http://www.comofazeremcasa.net/

Brinquedos de rolo de papelão 2

http://p-fst2.pixstatic.com/

Brinquedos feitos com prendedores de roupas e palitos de sorvete

Não há criança que não goste de um avião. É possível fazer um lindo aviãozinho com prendedores de roupa e alguns palitos de sorvete. Não tenha medo de abusar das cores, as crianças irão adorar:

Brinquedo de grampo de roupa e palitos de sorvete

http://www.comofazeremcasa.net/

Se você utilizar a cor verde e mais alguns materiais (um barbante ou um arame sem ponta) você pode fazer um bonito grilo ou gafanhoto, veja que interessante:

Brinquedo de grampo de roupa e palitos de sorvete 2

http://www.tempojunto.com/

Cobras ou centopeias de rolhas

Sejam as rolhas que restaram das garrafas de vinho ou de outros condimentos que as utilizam para vedação, elas podem ser utilizadas para fazer divertidos e inusitados brinquedos. Aqui sugerimos a criação de uma cobra ou outro animal de aspecto semelhante, como as simpáticas centopeias ou lagartas. É muito simples de fazer, sendo necessário mais ou menos umas 5 rolhas (o resultado fica melhor com cerca de 10 rolhas, pois a cobra ficará mais comprida). Mantém-se duas rolhas inteiras para a cabeça e para a cauda, e as demais se cortam ao meio ou em 3 partes. Basta então fazer um furo no meio de cada uma das partes com a ponta de uma tesoura (aí há a necessidade da supervisão de um adulto) e passar um barbante ao meio. Veja como fica:

Cobras ou centopeias de rolhas

http://www.comofazeremcasa.net/

Jogos de damas com material reutilizado

Este talvez seja um dos brinquedos mais interessantes, pois além de trabalhar o conceito de reutilização, o jogo de damas é um “brinquedo” que trabalha a lógica e auxiliará a criança no desenvolvimento intelectual. Quem joga damas ou xadrez quando criança, certamente terá uma mente afiada na fase adulta. Embora extremamente simples de se fazer, pode ser necessário alguns dias para completá-lo, pois serão necessárias 24 tampinhas de garrafa (com preferência às de plástico PET). Como não aconselhamos tamanha ingestão de refrigerantes, é possível conseguir estas tampinhas numa lanchonete local, ou mesmo através do consumo de sucos naturais.

setaLeia também: OS JOGOS DE TABULEIRO SÃO BONS PARA O CÉREBRO

Tendo as tampinhas em mãos, vamos então criar o tabuleiro. Para o tabuleiro, utilizamos papelão que pode ser de uma caixa velha de sapatos ou qualquer outra que em geral vem os produtos que adquirimos. Pode até ser a parte interna de uma caixa de cerais ou biscoitos. Usamos então uma régua e traçamos 7 linhas e 7 colunas. Basta então pintarmos o interior do cada quadrado.

Embora no jogo de damas siga-se um padrão de cores (brancas e pretas) na brincadeira e na criação estas regras não existem! Incentive sua criança, pinte das mais variadas cores e estimule a imaginação. Será um desafio e tanto jogar num tabuleiro colorido:

Jogos de damas com material reutilizado

http://www.comofazeremcasa.net/

Porquê fazer brinquedos de materiais reutilizados

Não há nada mais importante do que estimular a criatividade de uma criança. As crianças precisam brincar, portanto estimulá-las com o conceito de reutilização é algo que irá favorecer a criança e a sociedade. Em um mundo em que nada mais tem valor, é de entristecer ver uma criança sem estímulos, presa a um computador, por exemplo.

A imaginação e a autonomia de criação devem ser alimentos intelectuais de uma criança. Por isso, é importante ensinarmos valores como estes, valores de responsabilidade com o meio ambiente através da reutilização, valores de criatividade que serão a futura consciência da criança.

Leia também:

seta

10 IDEIAS PARA RECICLAR CAIXAS DE SAPATOS

setaCOMO REAPROVEITAR O ROLO DE PAPEL HIGIÊNICO

setaMÉTODO MONTESSORI: 10 PRINCÍPIOS PARA EDUCAR CRIANÇAS FELIZES