Mais de 500 abutres ameaçados de extinção morrem envenenados na África

  • atualizado: 
abutre

Mais de 500 abutres ameaçados de extinção morreram por envenenamento em Botsuana, sul da África.

Os animais teriam morrido por causa do veneno com que os caçadores furtivos teriam enchido as carcaças de três elefantes.

Uma perda gravíssima e impossível de se recuperar

Segundo o governo local, a culpa seria dos caçadores ilegais que teriam enchido as carcaças de três elefantes de veneno depois de matá-los.

Uma vez que os abutres que cercam as carcaças podem ser vistos a quilômetros de distância, os caçadores furtivos muitas vezes envenenam os corpos dos animais caçados para evitar de serem descobertos.

As autoridades pedem aos cidadãos que desistam desse tipo de atitude porque um envenenamento em massa, desta magnitude, é perigoso e prejudicial ao meio ambiente.

O veneno matou 537 abutres e 2 águias. A maioria dos abutres envenenados é classificada como ameaçada pela União Internacional para a Conservação da Natureza.

Estas são perdas muito sérias que, segundo os especialistas, serão impossíveis de ser recuperadas.

Talvez te interesse ler também:

URSO-POLAR É ENCONTRADO EM CENTRO INDUSTRIAL NA SIBÉRIA

TRÁGICO E OFICIAL: OS COALAS ESTÃO QUASE EXTINTOS!

CAÇADOR ARREPENDIDO MUDA DE VIDA APÓS VER UMA AVE CHORAR

siga brasile pinterest

Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

siga brasile instagram

Você está no Instagram?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!