Pistaches e amendoins melhoram a memória e as habilidades cognitivas

As frutas de cascas rijas (também chamadas de nuts, oleaginosas ou simplesmente frutas secas) fazem bem e deveríamos comer uma porção delas todos os dias. Sempre novas pesquisas vêm confirmando os benefícios de tantas variedades de oleaginosas e hoje é a vez dos pistaches e dos amendoins, que teriam propriedades favorecedoras da memória e das habilidades cognitivas.

Uma equipe de pesquisa da Loma Linda University nos Estados Unidos descobriu que algumas frutas de casca rija têm efeitos benéficos nas frequências cerebrais. Embora todos os frutos secos atuem positivamente no nosso corpo, neste caso, seria especialmente os pistaches e os amendoins que, se consumidos regularmente, melhorarariam a saúde do nosso cérebro.

Para realizar o experimento, os pesquisadores usaram seis variedades de frutas secas, incluindo amendoins, pistache, nozes, noz-pecã, amêndoas e castanhas de caju. Então, nos voluntários que participaram da pesquisa, foram efetuados eletroencefalogramas (EEGs) para medir a força dos sinais das ondas cerebrais após a absorção destas variedades de frutas secas.

De acordo com os dados de estudo, os pistaches produziram a maior resposta de onda gama, crucial para melhorar a elaboração cognitiva, a conservação das informações, o aprendizado, a percepção e o rápido movimento dos olhos durante o sono. Os amendoins, por outro lado, produziram a mais alta resposta delta associada à imunidade saudável, à cura natural e ao sono profundo.

Comer estes tipos de frutas secas diariamente, de acordo com especialistas, poderia assim aumentar a memória, diminuir o envelhecimento, reduzir a inflamação no corpo e melhorar as habilidades cognitivas das pessoas.

Isto se daria por conta da presença de ácidos e antioxidantes essenciais contidos nestes alimentos preciosos, úteis também para fortalecer o sistema imunológico, aumentar o metabolismo e manter a saúde do coração.

“Este estudo fornece resultados positivos significativos, demonstrando que as frutas secas são boas para o cérebro, como também para o resto do corpo”, disse o professor Berk, pesquisador-chefe do estudo publicado no FASEB Journal.

Então, lembremos de inserir as frutas secas com mais frequência em nossa dieta, uma boa idéia é usá-las como merenda saudável no meio da manhã ou da tarde. Claro, seria bom escolher as variantes mais naturais possíveis, como pistaches e amendoins sem sal, açúcar ou outros ingredientes.

Durante a época do Natal é fácil a gente se lembrar destes alimentos mas eles deveriam ser consumidos, com moderação, claro, durante todo o ano.

Sobre frutas secas, leia também:

O QUE ACONTECE AO CORPO SE COMERMOS 30 GR DE AMÊNDOAS POR DIA?

NOZES E AMENDOINS: MEIO PUNHADO AO DIA PARA NÃO FICAR DOENTE

PISTACHE: 14 PROPRIEDADES BENÉFICAS, QUANTO E COMO CONSUMIR

Sobre Redação GreenMe

Redação GreenMe
greenMe.com.br é um site de informação sobre meio ambiente e saúde, criado para levar ao grande público, a consciência de que um mundo melhor é possível, através de um comportamento respeitoso com todas as formas de vida.

Veja Também

Azeitona preta: tipos e benefícios. Por que faz bem à saúde?

Tem quem ama e quem odeie, mas é fato que poucos sabem o bem que …