Coronavírus: DiCaprio doa US$ 12,5 milhões para alimentar quem tem fome nos EUA

Garantir a todos o acesso aos alimentos. Leonardo Di Caprio também está na linha de frente para ajudar aqueles que não conseguem se alimentar nos Estados Unidos devido à emergência de coronavírus e ao bloqueio das atividades. Ontem, ele lançou a campanha America’s Food Fund, graças à qual ele já levantou mais de US $ 12 milhões.

O ator de Hollywood responde à nova chamada em nome da solidariedade e, juntamente com Laurene Powell Jobs, Apple e Ford Foundation lançaram o America’s Food Fund, uma campanha de arrecadação de fundos no GoFoundMe criada com um objetivo: garantir o acesso à comida a todos.

“Nos bairros e comunidades de todo o país, a fome é um problema que as pessoas, incluindo famílias e crianças, enfrentam todos os dias. Nossas populações mais vulneráveis ​​- crianças que não vão à escola e dependem de programas de merenda escolar, famílias de baixa renda, idosos e pessoas que enfrentam interrupções no trabalho – enfrentam grandes barreiras para obter acesso seguro e consistente com as refeições”, lê-se no site da campanha no GoFoundMe.

Antes da pandemia da COVID-19, mais de 37 milhões de pessoas nos Estados Unidos já lutavam para garantir uma refeição, mas agora o problema se espalhou como fogo.

O America’s Food Fund apoiará duas associações que alimentam as populações do mundo: Feeding America e World Central Kitchen (WCK). A iniciativa também contou com a presença da estrela da televisão americana Oprah Winfrey, que doou um milhão de dólares.

A World Central Kitchen é liderada pelo chef renomado José Andrés, que já está na vanguarda do fornecimento de refeições para pessoas carentes após desastres em todo o mundo. A WCK já está ajudando a fornecer refeições durante a emergência do coronavírus para passageiros em quarentena de navios de cruzeiro e, desde então, expandiu sua missão para ajudar até as pessoas mais vulneráveis ​​por meio de distribuição móvel em várias cidades americanas: Nova York, Newark, Miami, Los Angeles, Oakland, Nova Orleans, Little Rock e Washington, DC.

“Em tempos de necessidade, um prato de comida é um alimento vital e uma mensagem de esperança da comunidade”, disse José Andrés.

A Feeding America, por outro lado, é a maior organização nacional contra a fome, atendendo a mais de 40 milhões de americanos todos os anos por meio de sua rede de 200 bancos de alimentos.

“Diante dessa crise, organizações como a World Central Kitchen e a Feeding America nos inspiraram com seu compromisso constante em alimentar as pessoas mais vulneráveis ​​e necessitadas”, disse DiCaprio. “Agradeço a elas pelo incansável trabalho na linha de frente, elas merecem todo o nosso apoio”.

Talvez te interesse ler também:

Vírus se espalha no ar. Uso de máscaras poderá ser recomendado pela OMS. Veja por que

Coronavírus no Equador: cenas do fim do mundo. Mortos espalhados pelas ruas. Horror

EUA: como o país que não tem saúde pública enfrenta a Covid-19

greenMe.com.br é uma revista brasileira online, de informação e opinião Editada também na Itália como greenMe.it
Você está no Instagram?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!

Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

Siga no Instagram
Siga no Facebook