Na romã o segredo para salvar o intestino da colite e Doença de Crohn

  • atualizado: 
romã

Um estudo identificou na Romã uma molécula que fortalece a barreira intestinal e combate doenças como a colite e a doença de Crohn.

Fortes dores no abdômen, inchaço, irritação e também muito nervosismo: doenças crônicas inflamatórias intestinais às vezes tornam a vida realmente insuportável.

Se em muitos casos são os hábitos alimentares que precisam ser mudados, em muitos outros a pessoa precisa viver tomando remédio. Mas existe uma maneira natural de combater essas doenças?

Colite ulcerosa e doença de Crohn, foram o foco de um novo estudo conduzido pelo Instituto de Biologia de Células-Tronco e Medicina Regenerativa (inStem) de Bangalore, na Índia, e da Universidade de Louisville, nos EUA.

No estudo publicado na Nature Communications, pesquisadores identificaram a chave para neutralizar essas patologias em uma molécula, um metabólito microbiano que deriva do fruto da romã, a urolitina.

A urolitina e seu análogo sintético seriam capazes de aumentar as proteínas que fortalecem as articulações das células epiteliais no intestino e, ao fazê-lo, reduzem o processo inflamatório. Desta forma, eles consolidam a função "barreira" intestinal.

Além disso, o estudo também mostra como o metabólito microbiano e seu análogo também protegem contra a colite.

"A restauração da barreira intestinal e a redução da inflamação por meio de uma pequena molécula proporcionarão uma melhor eficácia terapêutica no tratamento dessas patologias", explica Praveen Kumar Vemula, um dos autores da pesquisa. "Um análogo sintético supera a limitação de estabilidade que um metabólito microbiano representa, aumentando assim sua eficácia".

Por enquanto, os estudiosos têm a intenção de criar uma start-up e trazer essas moléculas para o estágio de teste clínico para desenvolver novos tratamentos para doenças inflamatórias intestinais.

Enquanto isso, não esqueçamos que o intestino é o nosso "segundo cérebro"! Isto é, o cérebro usa o intestino para desempenhar suas funções, portanto nem é preciso dizer que o bem-estar intestinal também se reflete no resto do corpo e vice-versa.

Vamos nos mimar um pouco mais, jogar fora o estresse e os maus pensamentos e nos dedicar mais a nós mesmos.

Talvez te interesse ler também:

BRÓCOLIS, REPOLHO E COUVE CONTRA O CÂNCER DE INTESTINO

INTESTINO E DEPRESSÃO: UMA QUESTÃO DE LIMPEZA

SUCO DE ROMÃ. A RECEITA MAIS SIMPLES EXPLICADA PASSO A PASSO

ideal 300x200

Purificador de água

Benefícios da água alcalina e ozonizada

siga brasile instagram

Você está no Instagram?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!