A carne é fraca e você vai comer?

  • atualizado: 
carne

Deflagrado o esquema de corrupção que envolve grandes fabricantes (e exportadores) de carne no Brasil, cujo nome da operação “carne fraca” foi dado em alusão seja à qualidade, fraca, da carne seja à fraqueza moral dos agentes públicos que deveriam zelar pela qualidade do alimento, passados alguns dias do estouro da bomba, o que se percebe é que o nome, carne fraca, se refere mesmo é ao povo brasileiro.

A Folha de São Paulo, no sábado, 18, (um dia após à deflagração da operação da Polícia Federal) fez uma matéria intitulada “Consumidor forma filas para comprar carne…”. No texto lê-se depoimentos de consumidores preocupados com o preço do carvão (para não faltar churrasco); de consumidores não surpresos com a operação (“no Brasil não há vigilância sanitária”). Alguns disseram que ficarão mais atentos mas, lendo também os comentários ao texto na página da Folha no Facebook, nota-se que a maioria não vai mesmo deixar de comer carne.

O motivo? Uns dizem “se eu comi até agora e não me fez mal, vou continuar comendo” outros ainda brincam “se eu comi papelão, substância de origem vegetal, sempre fui vegetariano sem saber”. Vamos combinar? O brasileiro gosta de ser enganado!

A carne fraca do brasileiro se refere ao fato de o povo não conseguir parar, sequer diminuir, o consumo de carne. Os motivos para não comer carne são muitos, mas ninguém está preocupado: nem com a própria saúde, nem com o fato de ser enganado.

A operação da PF revelou que fabricantes maquiam, alteram e adulteram o aspecto fisico da carne que não seria mais apta ao consumo, ou seja, carne podre, vencida. Usam substâncias, algumas cancerígenas, acima da quantidade permitida por lei para conseguirem tal resultado. Colocam água em frango para aumentar seu peso. Usam papelão para melhorar o aspecto, alteram a data de validade, mudam a embalagem, ou seja, fazem o diabo visando apenas o lucro. E o brasileiro acha tudo bem, o importante é não faltar carne para o churrasco.

Além de ser enganado, passado por bobo mesmo, de ingerir substâncias não adequadas para o consumo, o brasileiro prefere se esquecer que o consumo de carne, boa, está ligada ao câncer, imagine o consumo de carne ruim! A carne provoca desmatamento para dar lugar à soja usada na alimentação dos animais. A pecuária também está ligada aos maus-tratos, à crueldade e exploração de animais, mas nada disso importa. A este ponto seria melhor ser ignorante mas você que tem internet, tem televisão, passa em frente às bancas de jornais, não pode fingir que não vê o óbvio ululante. É mais fácil, e mesmo mais digno, assumir que a tua carne é fraca e…esteja sempre pronto para o próximo churrasco!

Obs: o Brasil é o maior exportador de carne bovina e de frango. Para um país em recessão, mesmo sendo enganado, você pode até continuar comendo carne para não causar ainda mais prejuízo às gigantes da carne, coitadas! Mas saiba que os países importadores vão exigir esclarecimentos e podem parar de comprar carne adulterada (ou será que para eles a carne que chega é a boa?). Isso sem falar que a Polícia Federal por ora investigou apenas a carne. E o café, a cerveja, a soja brasileira? Como será que são? Mas se está bom pra você, imagina pra eles!

Leia mais sobre alimentação e saúde:

15 FILMES E DOCUMENTÁRIOS SOBRE ALIMENTOS QUE TODOS DEVERIAM VER

O QUE ACONTECERIA SE VOCÊ PARASSE DE COMER CARNE?

QUER VIRAR VEGETARIANO? VEJA UM PASSO A PASSO QUE PODE FACILITAR TUA DECISÃO