Repolho cura: conheça os usos medicinais deste alimento

  • atualizado: 
Brassica oleracea var. capitata

Repolho custa pouco, dura muito e existe em todo lado. Na cura: limpa o sangue, melhora a digestão, umedece os intestinos e as vias respiratórias. Também embeleza a pele e cura feridas.

Sim, isso tudo e muito mais vem do repolho, aquela bola verde (Brassica oleracea var. capitata), parente da couve, família das Crucíferas (Brassicaceae ou Cruciferae) sobre a qual já falamos fartamente em outros artigos (veja os links ao final deste artigo).

Como bem conta a Sonia Hirsch no seu livro Amiga Cozinha, há uma série de usos medicinais que podemos usufruir das folhas de repolho, especialmente das que são mais verdinhas, as externas. Dê uma lida a seguir:

1. Repolho na saúde

O consumo de repolho é uma das boas coisas que herdamos da cozinha europeia - repolho em salada, em conserva, em sopa, em tortas, em suco, enfim, repolho é bom de qualquer maneira e a nossa saúde agradecerá, sempre.

Repolho ajuda a eliminação de parasitas intestinais, desintoxica o fígado, o baço e até o pâncreas, limpa os intestinos e o cólon e, como acréscimo, a fermentação do repolho produz aquelas conhecidas boas bactérias que nós temos que preservar para uma saúde melhor.

Repolho é rico em vitaminas (C e E), cálcio e iodo, enxofre, fibras alimentares de ótima qualidade e muito mais. Confira tudo no próximo tópico.

brassica oleracea var capitata 2

2. Os Benefícios do Repolho

É um alimento muito nutritivo e funcional para nossa saúde, por conta de suas propriedades benéficas. Para se ter uma ideia essa verdura contém fibras, proteínas, vitaminas K, C, B6, A, E, ácido fólico, tiamina, riboflavina, ácido pantotênico, niacina, manganês, potássio, cálcio, ferro, fósforo, magnésio, sódio, cobre, potássio, selênio, zinco, sódio, cobre e antocianinas.

Graças a esses nutrientes, o repolho traz os seguintes benefícios para nosso organismo:

2.1. Tem ação probiótica

Devido ao efeito probiótico, o repolho promove a saúde e o bom funcionamento de todo o trato digestivo.

2.2. Combate o Alzheimer

Por conter vitamina K, um nutriente que protege os neurônios, o repolho contribui para a prevenção da doença de Alzheimer.

2.3. É anticancerígeno

O repolho possui capacidade antioxidante, devido à vitamina C, o manganês e as antocianinas, agentes oxidantes que protegem da ação dos radicais livres que podem provocar mutações no DNA das células do corpo, causando vários tipos de câncer.

2.4. Fortalece o sistema imunológico

Os repolhos, principalmente o do tipo roxo, é rico em vitamina C, ativando nossos anticorpos e, com isso, fortalecendo nossa imunidade.

2.5. Contribui para a manutenção da boa forma

Por ser pouco calórico e conter fibras que proporcionam saciedade, o repolho é uma boa alternativa para fazer parte do cardápio de dietas de emagrecimento.

2.6. Promove o bom funcionamento do coração

Por ser constituído de fibras, o repolho reduz o colesterol ruim ao estimular o fígado a retirá-lo do sangue para sintetização da bile, evitando assim o excesso de colesterol, uma das principais causas das doenças cardíacas.

O potássio contido no repolho, atua como vasodilatador, combatendo a hipertensão arterial.

Além disso, as antocianinas que fazem parte da composição nutricional do repolho, têm ação antioxidante e agem protegendo o sistema cardiovascular.

2.7. Melhora a saúde dos ossos

O cálcio e o fósforo, minerais contidos no repolho, são nutrientes importantes para a manutenção e saúde do sistema ósseo.

Outro mineral que faz parte do repolho, é o magnésio que estimula a calcitonina, hormônio responsável pela fixação do cálcio do sangue nos ossos, e pela conversão da vitamina D para absorção de cálcio pelo organismo.

Os benefícios proporcionados pelo repolho para a saúde óssea também são conferidos pela vitamina K, que atua em processos metabólicos e químicos que promovem a formação óssea.

2.8. Promove a beleza e a saúde da pele

Fonte de nutrientes antioxidantes, o repolho combate e retarda o aparecimento de rugas na pele, por impedir ação dos radicais livres, grandes causadores do envelhecimento precoce e degeneração celular.

immagine

3. Como usar o repolho na cura

Emplastro de folhas socadas de repolho são excelentes para acelerar a cura de feridas externas. Você precisará amassar (macerar) a folha entre as mãos, quebrando suavemente sua estrutura e liberando a umidade interna. Em seguida, coloque a massa de folha sobre o corte ou ferida - tem ação cicatrizante e antisséptica.

Folhas de repolho sobre a cabeça ajudam a baixar a febre. Prefira, para este uso, as folhas externas do repolho, mais verdes. Faça com elas uma touca de folhas, cubra toda a cabeça, sua ou de quem estiver febril, e repouse até a febre baixar. As folhas usadas para este fim deverão ser descartadas - não servem para comer pois estarão saturadas das energias, e miasmas, e não só, da febre.

Miolo de repolho e talos grossos, bem picadinhos, são bons em sopa e ajudam nos tratamentos de doenças catarrais.

4. Como usar o repolho na culinária

salada repolho
foto: salada fresca de repolho com pepino

Bem, eu prefiro repolho cru, cortado fininho, temperado com azeite, pitada de sal e orégano, com ou sem tomate cortadinho. Uma salada gostosa, refrescante e alimentícia, que enche bem, dá saciedade de verdade. Mas, também é gostoso comer o repolho, cru, cortado grosso, crocante. Você já viu que eu gosto mesmo do sabor, não é?

Cozinhe as folhas de repolho, cortadas ou não, grossas ou finas, em água, um pouquinho de sal e azeite, em fogo bem baixo, até as folhas ficarem com aquele lindo verde brilhante. Tampar ou não a panela será uma opção sua.

Na salada, crua ou cozida, o tempero do repolho se basta com o sal, azeite e algo mais - salsinha, cebolinha, cenoura ralada, tomatinho cortado em cubinhos ou mesmo, o tomate cereja. Fica ótimo com um azedinho para concluir: limão, laranja ou vinagre de maçã.

Repolho cozido com cenoura é o recheio clássico dos rolinhos-primavera chineses. Veja aqui a receita.

Agora, a melhor coisa que você pode fazer com repolho é o clássico chucrute (feito em casa, claro). A receita básica dessa conserva de repolho leva sal marinho, e só e as medidas são assim: 1/2 kg de repolho cru cortado em tiras finas, 2 colheres (sopa) rasas de sal marinho.

Será preciso você socar o repolho com o sal, no pilão de madeira, até soltar um caldo que deverá ser suficiente para cobrir a massa de repolho toda.

Passe tudo para um vidro de boca larga, junte cominho, misture bem e aperte tudo no fundo do pote (deverá ter líquido de sobra para que o repolho fique, apertado, 2 dedos abaixo do caldo).

Tampe o vidro e deixe durante 3 dias em temperatura ambiente. Depois desse tempo, guarde na geladeira. Quanto mais tempo passar, melhor vai ficar o chucrute, um excelente probiótico.

Talvez te interesse ler também:

BRÓCOLIS, REPOLHO E COUVE CONTRA O CÂNCER DE INTESTINO

COUVE: O VEGETAL MAIS NUTRITIVO DO MUNDO. VEJA PORQUE!

COMO PLANTAR COUVES - 4 PASSOS ESSENCIAIS

siga brasile pinterest

Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

siga brasile instagram

Você está no Instagram?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!