Dieta Dukan: o que é? Funciona? É saudável?‏

dieta dukan

Os livros “Eu não consigo emagrecer” e “O método Dukan ilustrado”, de Pierre Dukan, foram verdadeiros fenômenos de venda no Brasil. O autor chegou a ser expulso do colegiado de médicos franceses, sob a alegação de que sua dieta provocava desequilíbrio alimentar.

Em terras brasileiras, o método ficou mais conhecido como “dieta da proteína”. Isso porque libera 72 proteínas e 28 legumes, classificando açúcar e doces como os grandes vilões. Essa retirada completa de carboidratos e gorduras do cardápio coloca a criação de Dukan na categoria de dietas restritivas. Segundo Sophie Deram, doutora em endocrinologia pela USP, a eliminação completa de um elemento ou outro da dieta caracteriza uma agressão ao corpo.

O que é a Dieta Dukan?

Descrevendo de maneira simples, a proteína é a melhor amiga de quem faz dieta, enquanto a gordura e os carboidratos são os grandes vilões.

Alguns princípios da dieta são:
— Por ser mais difícil de digerir, a proteína permanece no organismo por mais tempo, causando uma sensação de saciedade.
— Exatamente pelo corpo ter de se esforçar mais para realizar a digestão da proteína, esse processo queima gordura, diminuindo a ingestão calórica.
— Por outro lado, carboidratos devem ser evitados por causarem secreção de insulina, substância que estimula o armazenamento de gordura.
— A gordura, por sua vez, tende a ser associada ao consumo de carboidratos, contém o dobro de calorias da proteína e ainda pode causar doenças cardíacas.

As etapas da dieta Dukan

Seguir a dieta envolve quatro etapas: ataque, cruzeiro, consolidação e estabilização.

* O ataque, que dura de 1 a 7 dias, envolve 66 alimentos ricos em proteína que podem ser consumidos à vontade. O resultado é a perda de 5 quilos.

* Na fase cruzeiro, 34 verduras e legumes são adicionados aos alimentos anteriores, com um quilo perdido por semana.

* Na consolidação, são incluídos pães integrais, frutas, queijos e carboidratos. É o momento de reeducação alimentar e deve durar 10 dias por peso perdido, para evitar o efeito sanfona.

Por fim,

* Na estabilização, a alimentação volta a ser livre. Embora nada mais seja proibido, três regras devem ser seguidas para sempre: quintas-feiras de proteínas, três colheres de sopa de farelo de aveia por dia e 20 minutos de caminhada ao dia, acrescidos do abandono do elevador.

A dieta Dukan funciona?

A dieta Dukan funciona

As dietas restritivas acabam por desequilibrar o organismo. Embora seus efeitos sejam notáveis nos primeiros 15 dias, garantindo uma perda mínima de cinco quilos, tudo indica que o resultado não se mantém. Por não respeitar todos os grupos presentes na pirâmide alimentar, dietas restritivas podem provocar carências graves no organismo, segundo Mar Garrido, membro da Sociedade Espanhola para o Estudo da Obesidade.

Além disso, restringir alimentos ocasiona um aumento de peso a longo prazo. O cérebro exerce um papel muito importante nesse fenômeno, uma vez que emite mais impulsos de fome na presença de restrição alimentar.

Mesmo que o cérebro não boicotasse a dieta, o tédio o faria. É bastante difícil se manter em uma dieta com tantas limitações. Alguém que coma carne o dia inteiro logo chegará ao ponto de não conseguir ultrapassar o consumo de 1.000 calorias por dia. Isso parece positivo em um primeiro momento, mas acaba fazendo com que a pessoa não só interrompa a dieta como ingira tudo o que evitou. E desta vez em excesso.

A dieta Dukan è saudável?

O aspecto mais preocupante disso nem é a tendência de recuperar o peso que se perdeu nos primeiros dias. O desequilíbrio de nutrientes da dieta Dukan é tão notável que contraria as orientações de alimentação saudável. Baseadas em décadas de pesquisas e estudos sobre nutrição, as orientações têm como finalidade manter a saúde nutricional do ser humano.

A dieta Dukan è saudável
Outra luz vermelha de alerta se acende quando pensamos na quantidade recomendada de refeições ao dia. Há anos os nutricionistas reforçam a importância de realizar cinco ou seis refeições diárias. Sabe-se que quanto mais tempo houver entre uma refeição e outra, maior a probabilidade de o organismo reter combustível indesejado, como gordura. E quando tantas frutas e vegetais são subtraídos do leque de possibilidades alimentícias, torna-se difícil efetuar o número de refeições adequados.

Quanto à eficácia, a dieta Dukan pode, de fato, entregar os resultados prometidos nas primeiras semanas. Persistir no método proposto não será apenas difícil de acordo com os estímulos cerebrais: será igualmente perigoso para a saúde. Não temos uma pirâmide de grupos alimentares por acaso. Dietas restritivas oferecem o grande risco a longo prazo de fazer você desistir de seus esforços e voltar a ganhar peso. E talvez ainda mais peso do que perdeu inicialmente.

Quem deseja perder peso com eficácia, e sem comprometer a saúde, não deve abrir mão de consultar um nutricionista competente e capaz de desenvolver uma dieta personalizada, para conseguir bons resultados com base na fisiologia e na necessidade de cada um.

Leia também:

seta

 REMÉDIOS CASEIROS PARA ELIMINAR GASES ESTOMACAIS E INTESTINAIS

setaBRAIN FOOD: A DIETA BOA PARA O CÉREBRO, QUE NOS DEIXA MAIS INTELIGENTES

setaCARNE DE PORCO: PENSE BEM ANTES DE COMÊ-LA

Fonte:

weightlossresources.co.uk