Dieta Dukan: como funciona e o que comer nas 4 fases

dieta dukan

Os livros “Eu não consigo emagrecer” e “O método Dukan ilustrado”, de Pierre Dukan, foram verdadeiros fenômenos de venda no Brasil. O autor chegou a ser expulso do colegiado de médicos franceses, sob a alegação de que sua dieta provocava desequilíbrio alimentar.

Em terras brasileiras, o método ficou mais conhecido como “dieta da proteína”. Isso porque libera 72 proteínas e 28 legumes, classificando açúcar e doces como os grandes vilões. Essa retirada completa de carboidratos e gorduras do cardápio coloca a criação de Dukan na categoria de dietas restritivas. Segundo Sophie Deram, doutora em endocrinologia pela USP, a eliminação completa de um elemento ou outro da dieta caracteriza uma agressão ao corpo.

O que é a Dieta Dukan?

Descrevendo de maneira simples, a proteína é a melhor amiga de quem faz dieta, enquanto a gordura e os carboidratos são os grandes vilões.

Alguns princípios da dieta são:

— Por ser mais difícil de digerir, a proteína permanece no organismo por mais tempo, causando uma sensação de saciedade.
— Exatamente pelo corpo ter de se esforçar mais para realizar a digestão da proteína, esse processo queima gordura, diminuindo a ingestão calórica.
— Por outro lado, carboidratos devem ser evitados por causarem secreção de insulina, substância que estimula o armazenamento de gordura.
— A gordura, por sua vez, tende a ser associada ao consumo de carboidratos, contém o dobro de calorias da proteína e ainda pode causar doenças cardíacas.

As fases da dieta Dukan

Seguir a dieta envolve quatro etapas: ataque, cruzeiro, consolidação e estabilização.

A fase do ataque da dieta Dukan

A primeira fase da dieta Dukan baseia-se na ingestão unicamente de proteínas, por isso também é conhecida como fase PP ou da proteína pura. Esta fase propiciará rápida perda de peso e funciona como motivação para que a dieta seja levada até o fim.

Sua duração dependerá de quantos quilos se pretende perder, conforme segue:

* Menos de 4,5 kg – 1 ou 2 dias;

* De 6,8 a 13,6 kg – 3 a 5 dias;

* Mais de 18 kg – até 7 dias de acordo com orientação médica

Nesta fase é permitida a ingestão livre de 68 proteínas animais, pois produzem efeito de saciedade e motivam uma menor ingestão de alimentos. É essencial que se beba de 6 a 8 copos de água e que se pratique exercícios físicos para resultados mais rápidos.

Fase do cruzeiro da dieta Dukan

A fase do cruzeiro na dieta Dukan irá proporcionar a perda de peso gradual, cerca de 1 kg por semana. Nesta fase, são introduzidos 32 vegetais permitidos.

Assim, além das 68 proteínas que já são permitidas, somam-se os 32 vegetais, totalizando 100 alimentos que fornecerão minerais, fibras e as vitaminas necessárias para o organismo funcionar adequadamente. Normalmente utiliza-se a alternância 1/1 em dias para a ingestão de proteínas animais e vegetais (ex: 1 dia de proteína e vegetais seguido de um dia somente de proteína pura). É possível alterar a variação para 2/2, 3/3, etc, a depender do peso que se deseja perder.

Para que esta fase seja eficaz, é recomendado que 30 minutos de caminhada sejam praticados por dia.

Fase da consolidação da dieta Dukan

A fase da consolidação irá de fato consolidar o peso. Esta fase servirá para que o organismo se adapte ao novo peso (após ter perdido alguns quilos nas fases anteriores) e que o mantenha sem riscos de novos ganhos de peso.

Esta fase dura 5 dias para cada 500 g perdidos durante a fase anterior e terá como objetivo reentroduzir os “alimentos divertidos”. Nesta fase, além dos alimentos já permitidos, são adicionados 1 porção de porco assado e 1 porção de carne de cordeiro na dieta. Estas adições de porções de carne serão chamadas de “refeição da celebração”.

Enquanto na fase da consolidação, deve-se resguardar as quintas-feiras para a ingestão de proteína pura, como na primeira fase. Aconselha-se a adotar esta regra como primordial para o desenvolvimento da dieta.

Fase da estabilização da dieta Dukan

A fase da estabilização é a última fase da dieta Dukan e serve, como propõe o nome, para que haja estabilização do novo peso. A falta de estabilização no peso após uma dieta é um dos maiores problemas das dietas convencionais segundo Pierre Dukan, autor da dieta Dukan.

A fase da estabilização conta com algumas regras simples para que seja eficaz:

* Consumir 3 colheres de sopa de farelo de aveia por dia;

* Preferir a utilização de escadas em vez de elevadores;

* Todas as quintas-feiras devem ser de proteína pura, ou seja, como na primeira fase.

Além disso, é recomendado ao menos 20 minutos de exercícios por dia. Nesta fase, não há mais alimentos proibidos pela dieta, no entanto, todos deverão ser consumidos de forma regulada para que o peso perdido não volte e se evite o efeito sanfona.

A dieta Dukan funciona?

A dieta Dukan funciona

As dietas restritivas acabam por desequilibrar o organismo. Embora seus efeitos sejam notáveis nos primeiros 15 dias, garantindo uma perda mínima de cinco quilos, tudo indica que o resultado não se mantém. Por não respeitar todos os grupos presentes na pirâmide alimentar, dietas restritivas podem provocar carências graves no organismo, segundo Mar Garrido, membro da Sociedade Espanhola para o Estudo da Obesidade.

Além disso, restringir alimentos ocasiona um aumento de peso a longo prazo. O cérebro exerce um papel muito importante nesse fenômeno, uma vez que emite mais impulsos de fome na presença de restrição alimentar.

Mesmo que o cérebro não boicotasse a dieta, o tédio o faria. É bastante difícil se manter em uma dieta com tantas limitações. Alguém que coma carne o dia inteiro logo chegará ao ponto de não conseguir ultrapassar o consumo de 1.000 calorias por dia. Isso parece positivo em um primeiro momento, mas acaba fazendo com que a pessoa não só interrompa a dieta como ingira tudo o que evitou. E desta vez em excesso.

A dieta Dukan è saudável?

O aspecto mais preocupante disso nem é a tendência de recuperar o peso que se perdeu nos primeiros dias. O desequilíbrio de nutrientes da dieta Dukan é tão notável que contraria as orientações de alimentação saudável. Baseadas em décadas de pesquisas e estudos sobre nutrição, as orientações têm como finalidade manter a saúde nutricional do ser humano.

A dieta Dukan è saudável
Outra luz vermelha de alerta se acende quando pensamos na quantidade recomendada de refeições ao dia. Há anos os nutricionistas reforçam a importância de realizar cinco ou seis refeições diárias. Sabe-se que quanto mais tempo houver entre uma refeição e outra, maior a probabilidade de o organismo reter combustível indesejado, como gordura. E quando tantas frutas e vegetais são subtraídos do leque de possibilidades alimentícias, torna-se difícil efetuar o número de refeições adequados.

Quanto à eficácia, a dieta Dukan pode, de fato, entregar os resultados prometidos nas primeiras semanas. Persistir no método proposto não será apenas difícil de acordo com os estímulos cerebrais: será igualmente perigoso para a saúde. Não temos uma pirâmide de grupos alimentares por acaso. Dietas restritivas oferecem o grande risco a longo prazo de fazer você desistir de seus esforços e voltar a ganhar peso. E talvez ainda mais peso do que perdeu inicialmente.

Orientações gerais sobre a Dieta Dukan

Embora seja uma dieta famosa, que apresentou bons resultados para muitas pessoas, é importante que um médico, nutricionista ou profissional de saúde seja consultado antes de se iniciar a fazer esta ou qualquer outra dieta para emagrecer.

Quem deseja perder peso com eficácia, e sem comprometer a saúde, não deve abrir mão de uma consulta profissional, competente e capaz de desenvolver uma dieta personalizada, para conseguir bons resultados com base na fisiologia e na necessidade de cada um.

Leia também:

seta

 REMÉDIOS CASEIROS PARA ELIMINAR GASES ESTOMACAIS E INTESTINAIS

setaBRAIN FOOD: A DIETA BOA PARA O CÉREBRO, QUE NOS DEIXA MAIS INTELIGENTES

setaCARNE DE PORCO: PENSE BEM ANTES DE COMÊ-LA