Fritura faz mal? Novo estudo revela que a fritura faz bem!

Fritura

A fritura faz bem à saúde e ajuda a prevenir doenças, de acordo com um novo estudo recentemente publicado na revista Food Chemistry.

O segredo estaria no azeite de oliva extra-virgem pois o estudo revelou que os vegetais fritos no azeite mantiveram mais propriedades benéficas que os vegetais cozidos em água.

Da Universidade de Granada, Espanha, o estudo sustenta que a fritura em azeite de oliva produz uma maior quantidade de fenois, oxidante que ajuda a prevenir o câncer, diabetes, perda de visão e outras doenças degenerativas. A descoberta é uma ode à dieta mediterrânea espanhola que usa em sua culinária muita verdura frita em azeite de oliva extra-virgem.

O objetivo do estudo era determinar as diferentes técnicas de cozimento e a manutenção das capacidades antioxidantes e dos compostos fenólicos nas hortaliças mais consumidas na dieta mediterrânea. Assim, os pesquisadores cozinharam porções de 120 gramas de cubos de batata, abóbora, tomate e berinjela, sem sementes e pele. As hortaliças foram fritas e salteadas em azeite extra-virgem, bem como fervidas em água ou em água e azeite. Os resultados demonstraram que o uso do azeite durante a fritura incrementou o conteúdo de gordura mas também aumentou o conteúdo dos componentes fenolicos totais. Ou seja, umas calorias a mais mas muita saúde também a mais.

“Ao comparar o teor de fenólicos totais em comparação em relação aos legumes frescos, encontramos tanto aumentos como diminuições de acordo com a técnica aplicada. O azeite, como meio de transferência de calor, aumenta o teor de compostos fenólicos em vegetais, em comparação às outras técnicas de cozimento, tais como ferver, onde a transferência de calor ocorre através da água” diz Cristina Samaniego Sánchez professora e pesquisadora que conduziu o estudo.

Fritar, portanto, não é tão ruim como a gente pensa, mas existem recomendações para fritar com saúde: fritar no azeite extra-virgem de oliva e não deixar o azeite superar 180°C.

Uma coisa que eu particularmente faço por exemplo com a batata, é não mergulhar as batatas no azeite (até porque custa caro) e sim colocá-las sobre um fundo de azeite na frigideira antiaderente e tampar. Assim, a bata cozinha antes. Depois você abre a tampa e deixa a batata dourar. Fica igual à frita, só que mais saudável e econômica. Fica ótima se temperada com alecrim e 1 ou 2 dentes de alho inteiros.

E viva a fritura!

Leia também:

QUAL É O MELHOR ÓLEO PARA FRITAR?

QUAIS ALIMENTOS TÊM MAIS ANTIOXIDANTES, CRUS OU COZIDOS?

A ACRILAMIDA NOS ALIMENTOS É CANCERÍGENA? FINALMENTE O PARECER DA AESA

Fonte fotos: shutterstock