Cheirinho de mato acalma, evita estresse e aumenta a imunidade

Cheirinho de mato acalma, evita estresse e aumenta a imunidade

Quando bate aquele estresse ou uma vontade de relaxar, é comum querermos entrar em contato com a natureza. Seja o mar, seja o mato, fugir da selva de pedra traz um conforto para o nosso corpo e para a nossa mente.

Essa intuição natural, que todos nós temos, acaba de ser confirmada por cientistas do Department of Hygiene and Public Health, da Nippon Medical School, em Tóquio, que analisaram o efeito terapêutico do aroma das árvores. Essa descoberta pode contribuir para um tratamento alternativo usando a aromoterapia, visto que os óleos essenciais das árvores podem diminuir a pressão do corpo humano e, ainda, estimular moléculas que combatem várias doenças, entre elas o câncer.

Segundo informou o site Diário de Biologia, os pesquisadores estudaram o efeito de substâncias chamadas fitonetos (óleos essenciais de madeira) sobre o sistema imunológico humano. Os fitonetos aumentaram a atividade das células Natural Killer (NK), próprias do sistema imunológico, em relação à sua capacidade de destruir invasores externos ao organismo, além de impedir a multiplicação de células cancerígenas.

O estudo explica que os odores das árvores entram no nosso corpo diminuindo o nível de estresse e irritação. Quanto mais exposto ao cheiro de verde, mais o organismo reduz a pressão arterial e fortalece a imunidade.

Embora essa pesquisa ainda não esteja concluída, outra já demonstrara que, até mesmo ao olharmos para fotografias com temas de natureza e meio ambiente, relaxamos o cérebro, como se quem as olhasse estivesse de fato sob os efeitos de estar naquele lugar.

A ciência só comprovou aquilo que já sabíamos por experiência própria. Nada como dar aquela escapadinha no final de semana para uma cachoeira no meio do mato, não é mesmo?

Sobre os benefícios do contato da natureza em nossa saúde, leia também:

PARA ENCONTRAR O BOM HUMOR, BASTA FAZER UMA BREVE CAMINHADA AO VERDE

ÁREA VERDE EM HOSPITAIS AJUDARIA NA RECUPERAÇÃO DO PACIENTE

BANHO DE FLORESTA – UMA PRÁTICA CURATIVA ADOTADA PELOS JAPONESES

Gostou? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on tumblr
Share on reddit
Share on pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *