Puberdade
Puberdade

Puberdade precoce, um problema cada vez mais comum – Causas, sintomas, diagnóstico e tratamentos

Se tem uma fase transformadora na vida de uma pessoa, essa fase é a puberdade. E essa transformação é literal. O corpo muda para acompanhar a mentalidade, que vai amadurecendo. No entanto, justamente por ser impactante, costuma trazer expectativas e até mesmo uma dose de sofrimento na vida das crianças. Por isso é importante que a puberdade aconteça no tempo certo.

No entanto, é cada vez mais comum a antecipação dessa fase. É a chamada puberdade precoce. Conheça abaixo mais informações sobre o assunto, bem como quais as causas, sintomas e tratamentos.

{index}

O que é Puberdade e o que é Puberdade Precoce

A puberdade ocorre quando o cérebro começa a enviar sinais para o corpo de que é chegada a hora de “amadurecer”. Com isso há a liberação dos hormônios denominados gonadotrofinas, responsáveis por estimular o crescimento dos órgãos sexuais. Esses, por suas vezes, secretam hormônios sexuais – testosterona ou estrogênio – dando início à puberdade.

Em suma, é quando a criança deixa de ser criança e passa a ganhar características de adultos.

Geralmente a puberdade ocorre entre os 9 e 16 anos. Se acontecer antes dos 9 anos (no caso dos meninos) e antes dos 8 (no caso das meninas) é considerada puberdade precoce.

Sintomas da Puberdade Precoce

puberdade 2

Os sinais que indicam uma possível puberdade precoce são os mesmos da puberdade, no geral. A diferença é que eles aparecem antes do normal.

Nas meninas há o crescimento das mamas, da estatura, aparecimento de pelos e sangramento vaginal.

Geralmente depois de dois anos do aumento dos seios surge a primeira menstruação – a menarca -, que marca o término da infância e início da vida adulta. As meninas podem ainda sentir cólicas e apresentar aumento da gordura dos quadris e no bumbum.

Nos meninos, há o crescimento dos testículos, aparecimento de pelos, crescimento mais acelerado e alterações na voz. Em ambos os casos, é comum que a pele fique mais oleosa e que ocorra aumento da produção do suor, graças a ação dos hormônios.

As Causas da Puberdade Precoce

A puberdade precoce ocorre graças a um aumento antecipado da ação dos hormônios sexuais no organismo. E essa antecipação pode ser originada do próprio organismo, que começa a produzir, ou da exposição a algum medicamento.

Ainda não são conclusivas as explicações sobre os motivos que levam algumas crianças a produzirem hormônios sexuais antes da hora, mas existem várias possíveis causas, que vão desde o componente genético, até mesmo à obesidade e o sobrepeso, bem como o contato com desreguladores endócrinos, presentes em agrotóxicos e alguns tipos de plástico, como o Bisfenol A.

Existem estudos mostrando que grandes quantidades de soja também podem provocar essa antecipação. Além de todas essas possíveis causas, a puberdade precoce pode ser provocada por uma doença, como um tumor ou anomalia no cérebro.

Diagnóstico e Tratamento

É importante que os pais observem a criança para verificar possíveis sinais de puberdade precoce, pois a antecipação dessa fase pode gerar transtornos psicológicos e aumentar as chances do aparecimento de doenças cardiovasculares, diabetes e alguns tipos de câncer na vida adulta.

Uma das consequências da puberdade precoce é o risco de que a criança fique com baixa estatura, graças à ação hormonal acelerada, mas de curta duração, o que impede que o desenvolvimento se estenda por mais tempo.

Para fazer o diagnóstico da puberdade precoce, o médico pode pedir uma radiografia de mão e punho para verificar a idade óssea, e também exames de sangue para checar a quantidade de hormônios no organismo.

Exames de imagem, como ressonância magnética e ultrassom, também podem ajudar no diagnóstico.

O tratamento vai depender do que causou essa antecipação da puberdade. Se for ocasionado por uma produção hormonal antes da idade correta, o especialista pode receitar terapia hormonal para fazer a puberdade regredir. Caso a precocidade seja causada por uma doença, como tumor, pode ser necessário procedimento cirúrgico. Em alguns casos, apenas o acompanhamento médico é indicado. Mas tudo vai depender do quanto a entrada na puberdade precoce pode ser prejudicial para a criança, em nível emocional e físico.

Por que a Puberdade Precoce é cada vez mais comum?

puberdade 3

Leia também: CRIANÇA NÃO NAMORA, NEM DE BRINCADEIRA: CHEGA DE EROTIZAÇÃO INFANTIL!

Antigamente era normal que a puberdade chegasse mais tarde. As meninas, por exemplo, menstruavam por volta dos 17 anos. Atualmente, o mais comum é que seja aos 12, o que mostra que essa fase está chegando cada vez mais cedo na vida das crianças.

As meninas tendem a ser mais afetadas pela puberdade precoce, mas os meninos têm mais riscos de apresentarem casos mais graves dessa manifestação.

A obesidade e o sobrepeso são fatores relevantes entre as causas da puberdade precoce, já que o tecido gorduroso é responsável também por secretar estrógeno, o que pode servir como gatilho para as alterações da puberdade. Meninas tendem ainda a menstruar em idade similar à das mães, o que aponta para um fator genético importante.

Alguns estudiosos apontam que o Bisfenol presente em vários tipos de plástico e os pesticidas usados na agricultura podem acelerar as ações hormonais que levam à puberdade precoce. A alimentação também pode estar por trás do aumento nos casos, bem como a constante sexualização das crianças, principalmente pela mídia, e o estresse familiar, em decorrência de violência ou perda de entes queridos, por exemplo.

O mais importante, caso os pais desconfiem que a criança está passando por isso, é procurar um especialista para que ele faça o diagnóstico e inicie o tratamento, se for necessário.

Sobre crianças e adolescentes, talvez te interesse ler também:

CHEIRO DE SUOR EM CRIANÇAS – O QUE FAZER?

60% DOS ADOLESCENTES BRASILEIROS NÃO USARAM PRESERVATIVO NO ÚLTIMO ANO

CRIANÇAS E ADOLESCENTES ESTÃO ENTRE OS MAIS CONTAMINADOS PELO USO DE AGROTÓXICOS NA LAVOURA

Sobre Cintia Ferreira

Cintia Ferreira
Paulistana formada em Jornalismo pela Universidade de Santo Amaro, tem o blog Mamãe me Cria e escreve para GreenMe desde 2017.
Anterior Molho de abacate para acompanhar sanduíches, espaguete, saladas e muito mais!
Próximo Síndrome de Borderline – O que é, Como Lidar, Causas, Sintomas e Tratamentos

Veja Também

gengibre

Gengibre: todos os benefícios, propriedades medicinais e modos de usá-lo

Desde Hipócrates a Confúcio, até hoje, o gengibre tem sido usado em muitas culturas do …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *