O mês de nascimento influencia a saúde: os nascidos em maio seriam os mais saudáveis

mês de nascimento influencia a saúde

Hipócrates descreveu uma conexão entre sazonalidade e doença há quase 2.500 anos. Seguindo este preceito, estudos recentes têm relacionado o mês do nascimento às desordens neurológicas, reprodutoras, endócrinas e às doenças imunológicas inflamatórias.

Isso dito, bem-aventurados aqueles que nasceram em maio! Um novo estudo revelou que os nascidos neste mês, são os menos propensos a ficarem doentes. E não tem nada de horóscopo nisso. A equipe de cientistas da Universidade de Columbia confirma a prerrogativa através de um cálculo que relaciona o mês do nascimento ao risco de desenvolver doenças.

Os pesquisadores utilizaram este algoritmo para analisar bases de dados médicos em Nova Iorque, e descobriram que 55 doenças estão diretamente relacionadas ao mês do nascimento.

Em geral, o estudo mostrou que as crianças nascidas em maio tiveram um menor risco de desenvolver doenças, enquanto os nascidos em outubro, tiveram riscos mais altos. O risco de asma é maior para os nascidos em julho e outubro, enquanto os nascidos em novembro apresentam um maior risco de desenvolvimento de TDAH (Transtorno do Déficit de Atenção).

Ainda assim, as crianças nascidas março tiveram o maior risco de problemas cardíacos, incluindo a fibrilação atrial, insuficiência cardíaca congestiva e distúrbio da válvula mitral, enquanto em geral, as crianças nascidas no inverno têm um maior risco de desenvolverem problemas neurológicos.

O estudo em questão foi publicado no Journal of the American Medical Informatics Association, que reuniu 1.688 doenças e as datas de nascimento e o histórico de 1,7 milhões de pacientes tratados no hospital Presbyterian Hospital de Nova Iorque entre 1985 e 2013.

Inicialmente os pesquisadores levaram em consideração apenas as doenças individuais, tais como a TDAH e a asma, sugerindo uma ligação entre a estação do nascimento e a incidência da doença, mas vendo que não havia nenhum estudo em grande escala, resolveram ir mais longe.

A investigação confirmou 39 conexões, precedentemente relatadas na literatura médica, e encontrou 16 novas associações, incluindo 9 tipos de doenças cardíacas, a principal causa de morte nos Estados Unidos. Finalmente, os pesquisadores realizaram testes estatísticos para garantir que as ligações entre as 55 doenças e o mês de nascimento não tenham sido aleatórias. O infográfico abaixo mostra as doenças "ligadas" aos vários meses:

Gráfico doenças

"Estes dados poderiam ajudar os cientistas a descobrirem novos fatores de riscos de doenças”, disse o autor do estudo Nicholas Tatonetti, professor assistente de informática biomédica do Centro Médico da Universidade de Columbia (CUMC).

Mas, antes de planejar uma visita ao médico, os pesquisadores advertem que os riscos identificados não são altos o suficiente para causar preocupação ou para nos dar ao luxo de agir preventivamente. Explica Tatonetti: "O risco associado com o mês de nascimento é menor do que as variáveis ​​mais influentes, tais como dieta e exercício."

Os pesquisadores planejam replicar seu estudo com dados de vários outros locais nos EUA e no exterior para ver se há alterações com a mudança das estações e fatores ambientais.