Ensino à distância: como os pais podem lidar com essa nova realidade da melhor forma

Ensino à distância: como os pais podem lidar com essa nova realidade da melhor forma

Um dos efeitos da pandemia na vida de quem tem crianças em casa foi ter que se adaptar ao ensino online. Sem possibilidades de abrir as escolas para os alunos, o uso das plataformas virtuais tornou-se uma realidade há alguns meses. Porém, a adaptação feita às pressas, na maioria dos casos, resultou em uma sobrecarga para os pais e em um ensino, em parte, deficitário.

Mas a realidade é essa: a pandemia não vai acabar tão cedo e é importante que os pais tenham a capacidade de se adaptar ao ensino online da melhor forma possível.

É possível sim aprender à distância.

Acompanhe abaixo algumas dicas que podem ajudar às famílias nesse processo.

O ambiente ajuda o aprendizado

Nada de fazer aulas no sofá de casa ou deitado na cama. A criança precisa entrar no “modo aula” e por isso um ambiente propício ajuda muito.

Separe um espacinho da casa, que pode ser na mesa da cozinha, em uma escrivaninha, em um móvel da sala e deixe por lá tudo que será preciso para estudar: cadernos, estojo, livros.

Escolha um local arejado e iluminado e, se puder, silencioso. Inclua também uma garrafinha de água e tente sempre deixar tudo organizado.

Se for possível, deixe o pequeno com o uniforme da escola para ele entender que está na hora da aula e ir se acostumando com essa rotina.

Fique por perto

Mesmo no caso dos maiorzinhos, essa dica é super válida. Quanto menor for a criança, mais dificuldade ela vai ter de se concentrar, mas todas precisam de algum grau de “fiscalização”.

O ideal é poder acompanhar as aulas junto com os filhos, mas todos sabem o quanto esse cenário não é possível na realidade, principalmente para os pais que estão trabalhando em sistema home-office. Porém se puder reservar o horário de trabalho para um período no qual a criança não está em aula, melhor. Caso contrário, tente ao menos ficar por perto para verificar se ela está prestando atenção, fazendo os exercícios e assimilando as informações.

Depois de encerrada a aula, verifique o que foi feito se há alguma lição de casa.

Tenha uma rotina consistente

Crianças precisam de rotina. Além de dar previsibilidade, a rotina torna os pequenos mais colaborativos, pois eles já sabem que existe um horário para fazer as coisas.

Estabeleça um horário para estudo, para brincar, para assistir, jogar.

Respeite a hora das refeições e sono, pois tudo isso ajuda muito na adaptação.

Estabeleça uma parceria com a escola

Não somente no período de pandemia, mas a colaboração e diálogo entre os educadores e os pais é essencial durante toda a vida escolar.

Acostume-se a ler os comunicados do colégio, acompanhe a reuniões, converse com os professores para saber como a criança está indo. Explique também para eles quais as dificuldades do seu filho.

Tudo isso ajuda muito o processo de aprendizado.

Ensine a importância da organização

Saber se organizar não é algo inato, é algo aprendido. Crianças têm uma facilidade muito grande de aprender e se adaptar a coisas novas.

Mostre para ela o quanto é importante um ambiente limpo, organizado, o quanto ajuda manter os materiais escolares em ordem, anotar as dúvidas, fazer os exercícios no prazo.

Esse aprendizado certamente persistirá por todo a vida.

Não faça a lição para a criança

A correria do dia a dia pode fazer os pais, muitas vezes, fazerem os deveres no lugar do filho e isso é muito nocivo.

Além de atrapalhar no aprendizado, essa atitude pode fazer o pequeno achar que não é capaz ou mesmo acostumar-se a ter sempre tudo pronto, sem esforço.

Mostre para ela que o aprendizado envolve errar e acertar e que confia nela. Oriente, mas deixe-a fazer sozinha.

Brincar é tão importante quanto estudar

A brincadeira para as crianças é essencial para a saúde emocional delas e para o aprendizado. Tenha sempre um tempo diário para que ela possa brincar. Se não puder brincar com ela, sugira brincadeiras ou monte espaços que favoreçam a criatividade e imaginação.

Tão importante quanto estudar é brincar. Nunca se esqueça disso.

Talvez te interesse ler também:

Síndrome da Criança Imperador – O que é e como lidar com esse problema

Crianças precisam de regras tanto quanto de amor

O silêncio no método Montessori. Crianças quietas e felizes

Gostou? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on tumblr
Share on reddit
Share on pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *