A primeira escola francesa que eliminou os smartphones: após 4 anos os resultados são surpreendentes

  • atualizado: 
Jovens

Quatro anos se passaram desde que o uso de telefones celulares fora proibido na escola francesa de La Gautrais. Durante o intervalo, os alunos foram "obrigados" a conversar, jogar, praticar esportes ou ler um livro.

 Ninguém olha Facebook, Instagram, Snapchat ou YouTube porque nesta escola francesa há algum tempo, os celulares foram banidos e poucos sentem a sua falta.

"Eu tenho um celular, mas deixo em casa e não penso muito nisso. Mesmo quando volto da escola, não tenho pressa em verifilá-lo. Primeiro eu vou comer alguma coisa, depois vou falar com minha mãe, fazer meu dever de casa e finalmente checar o telefone, mas só se eu estiver esperando por uma mensagem importante", diz uma menina de 14 anos.

Dois de seus amigos não têm celular. "Nós não precisamos disso, podemos conversar uns com os outros pessoalmente, é por isso que somos bons amigos", dizem eles.

A escola de ensino médio La Gautrais, no vilarejo de Plouasne, proibiu o uso do telefone celular há quatro anos, muito antes de o presidente francês, Emmanuel Macron, estabelecer a proibição na tentativa de desintoxicar os adolescentes do pequeno display.

A partir do próximo mês de setembro, todos os jardins de infância, escolas de ensino fundamental e médio proibirão o uso de telefones celulares nas salas de aula, enquanto nos intervalos, fica a critério dos gestores da escola.

Leia mais: FRANÇA PROÍBE USO DE CELULAR EM SALA DE AULA. QUE TAL ESSA IDEIA?

Mais de 90% dos jovens entre 12 e 17 anos têm um telefone celular na França, mas de acordo com o The Guardian, os 290 adolescentes da escola La Gautrais não sentem esta necessidade e eles agora têm mais interações sociais, mais empatia e disponibilidade para a aprendizagem.

Os alunos falam e brincam mais durante a recreação, são ativos e engajados durante as viagens escolares.

"No começo, estávamos preocupados. Nós pensamos que os banheiros seriam monopolizados por alunos que escondidos olhavam para seus telefones, mas isso nunca aconteceu. Em quatro anos, confiscamos apenas 10 telefones. Tudo isso os levou a serem menos dependentes", explica o diretor. 

Você é a favor de usá-lo na escola ou contra ele?

Sobre o uso do celular, leia também: 

NADA DE SMARTPHONES E TABLETS ÀS CRIANÇAS MENORES DE 2 ANOS. PALAVRA DE PEDIATRA

AS NOTIFICAÇÕES DO SMARTPHONE VICIAM COMO DROGASDEPENDÊNCIA DE SMARTPHONES CAUSA UM VERDADEIRO DESEQUÍLIBRO QUÍMICO CEREBRAL

siga brasile pinterest

Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

siga brasile instagram

Você está no Instagram?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!