18 de julho – Mandela Day – Dia de luta contra a desigualdade racial

“Eu sou quem eu sou porque somos todos nós”, muito longe de ser uma frase de efeito, essa citação está por trás de uma das figuras mais influentes e inspiradoras dos anos 1900: Nelson Mandela. O líder sul-africano que lutou a vida toda pelos direitos da população negra, é homenageado, anualmente, no Dia Internacional de Nelson Mandela, comemorado em 18 de julho.

A data foi instituída pela Organização das Nações Unidas (ONU), em 2009, e faz referência ao dia do aniversário de Mandela.

Primeiro presidente negro da África do Sul (de 1994 a 1999), Mandela pôs fim ao regime de Apartheid, que vigorou no país por 44 anos, e que consistia em um regime jurídico de segregação racial, separando brancos e negros, e negando a população negra sul-africana uma série de direitos. Pelo seu trabalho de luta pelos direitos humanos e igualdade entre as diferentes raças e etnias, Mandela ganhou o Nobel da Paz, em 1993.

Mandela era advogado, e fundou, no início de sua vida profissional, um escritório de advocacia dedicado aos réus negros que não podiam pagar uma defesa. Criou também o mais importante partido sul-africano, a Liga da Juventude do Congresso Nacional Africano (ANC), em 1944. Como era de se esperar, o líder sul-africano enfrentou muitas dificuldades no percurso até o fim do Apartheid. Foi acusado de conspirar contra o governo e condenado a prisão perpétua. Porém a mobilização popular conseguiu libertar Mandela. Ele ficou 27 anos preso.

O Mandela Day, como é chamada a data, é um convite para que as pessoas reflitam sobre a importância de ajudar o próximo, lutando pela igualdade entre os povos e por um mundo mais generoso. Mandela dedicou 67 anos de sua vida nessa luta, e hoje a data é importante para que todos dediquem, não somente os 67 minutos sugeridos, mas façam dessa uma bandeira constante. Para que toda a luta de Nelson Mandela continua reverberando em todos.

Talvez te interesse ler também:

DIA INTERNACIONAL CONTRA A DISCRIMINAÇÃO RACIAL: OS MOMENTOS MAIS IMPORTANTES DA LUTA CONTRA O RACISMO

TESTE SEU RACISMO. DA HARVARD UM TESTE QUE MEDE O PRECONCEITO ÍMPLICITO

DOROTHEA TOWLES CHURCH, PRIMEIRA MODELO NEGRA, INSPIRANDO NOVOS PROJETOS

Sobre Daia Florios

Daia Florios
Ingressou no curso de Ecologia pela UNESP e formou-se em Direito pela UNIMEP. É redatora-chefe e co-founder de GreenMe Brasil.

Veja Também

Por que o Chile está fazendo história?

Em 2019, o povo chileno mostrou para o mundo como fazer um protesto para conseguir …