Desafio do fogo causa queimadura de 3° grau. Atenção pais e filhos

Desafio do fogo causa queimadura de 3° grau. Atenção pais e filhos

Depois da Baleia Azul e do Chocking Game, mais um “desafio” atormenta a saúde de adolescentes e de suas famílias.

Nos Estados Unidos, uma menina de 12 anos foi vítima do “desafio do fogo”. Trata-se de um desafio on-line que incita jovens a atearem fogo em si mesmos. Há vários vídeos do “desafio do fogo” no YouTube que encoraja adolescentes a passarem produtos inflamáveis em seus corpos.

A jovem, da cidade de Detroit, sofreu queimaduras de terceiro grau após replicar a prática com mais duas amigas em casa. Ela fez uso de um spray para se submeter ao desafio, após a sua mãe ter feito panquecas para as meninas. Alguns minutos depois, a mulher ouviu um estrondo e viu a filha em chamas, dos pés à cabeça, informa a Veja.

O padrasto da menina a levou para o banheiro e a jogou na banheira para tentar apagar o incêndio, enquanto a mãe tentava tirar as roupas dela. Segundo o relato de ambos, o cabelo da garota estava pegando em fogo, mas as chamas aumentaram ainda mais quando eles tentaram tirar as suas roupas.

Em seguida, a garota foi encaminha ao hospital, onde permanece na UTI. Ela teve 49% do corpo queimado e está respirando com a ajuda de aparelhos.

As amigas da menina acabaram admitindo que tentaram copiar ao que assistiram nos vídeos do “desafio do fogo”.

A mãe da jovem quer que os vídeos contendo o “desafio do fogo” sejam retirados da internet. Depois dessa tragédia, ela alerta aos pais que monitorem os conteúdos a que seus filhos assistem na internet. Para ela, se fosse possível voltar no tempo, nunca mais os filhos entrariam em redes sociais e ela mesma daria um basta em smartphones.

Atenção pais e filhos → Parem com “desafios”

Como tudo na internet entra na moda e sai da moda com uma velocidade relâmpago, os “desafios” não são nenhuma novidade. Eles apenas mudam de forma, mas mantêm o seu caráter perverso.

O “desafio do desmaio”

É uma prática extremamente perigosa chamada “Choking Game” ou o “jogo do desmaio”. O Choking Game viralizou pela internet também através de vídeos que exibem a “brincadeira”, que consiste em diminuir a quantidade de sangue no cérebro até a pessoa desmaiar.

O problema é que essa “brincadeira” pode levar a pessoa à morte ou ter uma parada cardíaca com sequelas graves.

A baleia azul

A Baleia Azul é uma outra “brincadeira” infeliz, que vitimou muitas crianças e jovens pelo mundo. Nesse “jogo, a vítima recebe várias instruções pelas redes sociais, como se cortar, ficar só o dia todo, assistir a filmes de terror e, até mesmo, cometer o suicídio.

Dicas para evitar os desafios

Converse com os seus filhos – esteja presente na vida deles! Uma criança que tem atividades “reais” com a família e com os amigos passa menos tempo no computador ou no celular.

Incentive-o a praticar um esporte, sair com os amigos, façam um piquenique ou vejam um filme juntos no cinema.

Monitore o tempo que o seu filho passa em dispositivos eletrônicos e esteja ciente dos conteúdos que ele acessa. Você não será um pai chato ou uma mãe chata por exigir isso dos seus filhos. Essa é uma atitude que deve ser negociada e conversada com eles.

Uma criança e um jovem felizes, criativos e bem dispostos não vão querer desperdiçar suas vidas por muito tempo em frente a uma tela brilhante.

Pense nisso!

Talvez te interesse ler também:

INTERNET SEGURA: UM MINIGUIA PARA PROTEGER AS CRIANÇAS DA REDE

Gostou? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *