O menino de Nagasaki que carrega nas costas o irmãozinho morto

O menino de Nagasaki que carrega nas costas o irmãozinho morto

Uma foto que estraçalha o coração pois mostra uma criança que, após o bombardeio atômico de Nagasaki, em 1945, carrega nas costas o irmãozinho morto, esperando pela sua cremação.

A foto que remonta àquele momento, foi feita pela lente de Joe O’Donnell, jornalista e fotógrafo norte-americano que trabalhou como enviado ao Japão para a Agência de Informações dos Estados Unidos, para documentar os efeitos das duas bombas atômicas caídas em Hiroshima e Nagasaki.

Uma imagem dura que o Papa Francisco distribuiu nos últimos dias aos jornalistas presentes em seu voo para Santiago, no Chile, como um testemunho do “fruto da guerra” e como uma advertência contra novos conflitos:

“Tenho medo de uma guerra nuclear, estamos no limite”, disse o pontífice.

Aquela bomba atômica era uma página da história a ser esquecida, assim tentava o próprio O’Donnell que, uma vez aterrissado na América, tentou apagar o horror de sua mente. Mas o mundo tinha que saber o que aconteceu ali, começando propriamente da história dessa criança.

Em 1995, em uma entrevista à emissora japonesa Nhk TV, o fotógrafo norte-americano se sentiu obrigado a pedir desculpas aos japoneses e à todas as vítimas dos bombardeios.

Esta foto dramática feita em preto e branco, mostra uma dor composta e um silêncio que penetra o coração.

menino morto nagasaki

Descalço, imóvel e esvaziado de sentimentos, a criança espera se despedir de seu irmãozinho, pela última vez.

Gostou? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on tumblr
Share on reddit
Share on pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *