Preconceito contra cães é tema do filme “A Caminho de Casa”

Não é de hoje que filmes sobre catioríneos – nome carinhoso dado aos cães em páginas de redes sociais – são sucesso de bilheteria. Lassie, Rin-Tin-Tin, K9: um policial bom pra cachorro, Marley e Eu… Enfim, como não se sensibilizar com esses bichinhos encantadores? Filmes sobre cães são um filão do cinema em e, dentro desse nicho, filmes que falam da separação entre eles e seus donos, fazem sempre sucesso. Dirigido por Charles Martin Smith, ” A caminho de casa” é um desses filmes.

A Dog’s Way Home (título original) é um filme de aventura baseado no livro homônimo de W. Bruce Cameron, estrelado por Ashley Judd, Edward James Olmos, Alexandra Shipp, Wes Studi, Chris Bauer, Barry Watson e Jonah Hauer-King, e conta a história de uma cadelinha chamada Bella que percorre mais de 740 quilômetros para encontrar seu dono.

Bella, a protagonista, vive uma série de infortúnios até ser adotada. Começa a ser perseguida por um policial e, por isso, para sua segurança, é enviada para uma instituição distante. Entretanto, ela foge do lugar e atravessa os EUA para reencontrar os seus donos. Nesse trajeto, Bella enfrenta vários perigos.

Pitbulls e Dobermanns

O preconceito também é um dos temas tratados no filme. O roteiro denuncia o racismo contra os pitbulls e os dobermanns, por exemplo. A Caminho de Casa procura desconstruir os mitos sobre algumas raças.

Além de fofíneo, o filme também tem esse viés informativo que é bem legal!

Veja o trailer:

Deu vontade de vê-lo? Já está passando no cinema brasileiro.

Talvez te interesse ler também:

SÍNDROME DO CACHORRO PRETO: FOTOGRAFIAS PARA COMBATÊ-LA E PROMOVER ADOÇÕES

ALADDIN: FILME TEM ESTREIA PREVISTA NO BRASIL EM MAIO! VEJA O TRAILER!

COMO É QUE UM FILME SOBRE MENSTRUAÇÃO GANHA UM OSCAR?

É doutora em Estudos de Linguagem, já foi professora de português e espanhol, adora ler e escrever, interessa-se pela temática ambiental e, por isso, escreve para o GreenMe desde 2015.