Mostras e exposições de arte. O que vai ter de melhor em 2020

Mostras e exposições de arte. O que vai ter de melhor em 2020

São Paulo é a grande metrópole brasileira e, por isso, as grandes atrações culturais que desembarcam no Brasil passam primeiro por lá – e, às vezes, exclusivamente, por lá (infelizmente).

O ano está só começando e com ele muitos eventos culturais já estão programados para acontecerem na capital paulista.

Confira algumas mostras e exposições que selecionamos para você a partir das dicas da Veja SP para um 2020 cheio de arte e cultura.

Em fevereiro… além do carnaval

Em fevereiro, para quem gosta de ciência a Mostra Pasteur, O Cientista, vai acontecer no Sesc Interlagos. Já quem é apaixonado pela cultura japonesa, pode participar, no Japan House, da instalação imersiva Japão em Sonhos, criada pela Danny Rose Studio.

OSGEMEOS

Em março, acontece a exposição panorâmica OSGEMEOS, Segredos na Pinacoteca. Aproveite para vistar o prédio, que já é uma exposição à parte. Imperdível, também, é a Mostra de Hélio Oiticica e Trisha Brown no Masp, museu que dispensa comentários, seja pelas obras, seja pela arquitetura.

História da Arte

Para os apaixonados em arte, o Instituto Tomie Ohtake receberá, em abril, a mostra Imprimindo o Mundo – 500 anos de História da Arte. Já para os amantes da arquitetura, o Sesc 24 de Maio vai sediar Infinito Vão: 90 Anos de Arquitetura Brasileira.

Já em maio, no Masp, serão exibidas as obras do museu mexicano Jumex e da artista Senga Nengudi.

Férias culturais

Durante as férias de julho, o programa é ir à Pinacoteca conferir a exposição do seu acervo, bem como a mostra Arte Contemporânea Indígena.

Ainda para quem gosta de arquitetura, a exposição Um Maravilhoso Emaranhado, sobre a arquiteta italiana Lina Bo Bardi, que projetou o Masp, estará no Sesc Pompeia.

A artista reconhecida internacionalmente Lygia Pape ganha uma mostra, a partir de agosto, no Itaú Cultural. Algumas obras da artista brasileira fazem parte do acervo permanente do Malba, em Buenos Aires. Essa é uma oportunidade para o público brasileiro conhecer melhor as suas obras.

Pierre Verger

As obras do etnólogo e fotógrafo francês Pierre Verger chegam ao Instituto Tomie Ohtake em agosto. Verger tem uma fundação com seu nome, em Salvador, onde passou grande parte de sua vida e realizou um trabalho fotográfico de grande relevância e uma obra escrita de referência sobre as culturas afro-baiana e diaspóricas.

Edgar Degas

Em outubro, pisa no Masp a exposição do pintor impressionista francês Edgar Degas. Em dezembro, o museu vai receber a Mostra de Beatriz Milhazes, que também passará pelo Itaú Cultural. Milhazes é uma artista plástica brasileira, hoje, reconhecida internacionalmente por suas obras.

Di Cavalcanti

E, para finalizar com chave de ouro, o Instituto Tomie Ohtake presta uma homenagem ao artista Di Cavalcanti, com uma exposição de seus painéis.

Há muito o que ver, conhecer, assombrar-se, estranhar-se, maravilhar-se em 2020. Se você não mora em São Paulo, tente organizar uma viagem para a cidade e desfrutar dos aparelhos culturais que ela oferece. E, para quem mora lá, celebre viver em uma cidade com tantas opções culturais prestigiando os eventos!

Talvez te interesse ler também:

Globo de Ouro 2020: Joaquin Phoenix e Brad Pitt premiados também na categoria humanidade

Artista faz instalação com banana e a vende por 120 mil dólares. Obra viraliza na web

Transforme sua vida com a leitura. Veja 5 dicas para ler mais

Fonte foto

Gostou? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on tumblr
Share on reddit
Share on pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *