Mostras e exposições de arte. O que vai ter de melhor em 2020

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin

São Paulo é a grande metrópole brasileira e, por isso, as grandes atrações culturais que desembarcam no Brasil passam primeiro por lá – e, às vezes, exclusivamente, por lá (infelizmente).

O ano está só começando e com ele muitos eventos culturais já estão programados para acontecerem na capital paulista.

Confira algumas mostras e exposições que selecionamos para você a partir das dicas da Veja SP para um 2020 cheio de arte e cultura.

Em fevereiro… além do carnaval

Em fevereiro, para quem gosta de ciência a Mostra Pasteur, O Cientista, vai acontecer no Sesc Interlagos. Já quem é apaixonado pela cultura japonesa, pode participar, no Japan House, da instalação imersiva Japão em Sonhos, criada pela Danny Rose Studio.

OSGEMEOS

Em março, acontece a exposição panorâmica OSGEMEOS, Segredos na Pinacoteca. Aproveite para vistar o prédio, que já é uma exposição à parte. Imperdível, também, é a Mostra de Hélio Oiticica e Trisha Brown no Masp, museu que dispensa comentários, seja pelas obras, seja pela arquitetura.

História da Arte

Para os apaixonados em arte, o Instituto Tomie Ohtake receberá, em abril, a mostra Imprimindo o Mundo – 500 anos de História da Arte. Já para os amantes da arquitetura, o Sesc 24 de Maio vai sediar Infinito Vão: 90 Anos de Arquitetura Brasileira.

Já em maio, no Masp, serão exibidas as obras do museu mexicano Jumex e da artista Senga Nengudi.

Férias culturais

Durante as férias de julho, o programa é ir à Pinacoteca conferir a exposição do seu acervo, bem como a mostra Arte Contemporânea Indígena.

Ainda para quem gosta de arquitetura, a exposição Um Maravilhoso Emaranhado, sobre a arquiteta italiana Lina Bo Bardi, que projetou o Masp, estará no Sesc Pompeia.

A artista reconhecida internacionalmente Lygia Pape ganha uma mostra, a partir de agosto, no Itaú Cultural. Algumas obras da artista brasileira fazem parte do acervo permanente do Malba, em Buenos Aires. Essa é uma oportunidade para o público brasileiro conhecer melhor as suas obras.

Pierre Verger

As obras do etnólogo e fotógrafo francês Pierre Verger chegam ao Instituto Tomie Ohtake em agosto. Verger tem uma fundação com seu nome, em Salvador, onde passou grande parte de sua vida e realizou um trabalho fotográfico de grande relevância e uma obra escrita de referência sobre as culturas afro-baiana e diaspóricas.

Edgar Degas

Em outubro, pisa no Masp a exposição do pintor impressionista francês Edgar Degas. Em dezembro, o museu vai receber a Mostra de Beatriz Milhazes, que também passará pelo Itaú Cultural. Milhazes é uma artista plástica brasileira, hoje, reconhecida internacionalmente por suas obras.

Di Cavalcanti

E, para finalizar com chave de ouro, o Instituto Tomie Ohtake presta uma homenagem ao artista Di Cavalcanti, com uma exposição de seus painéis.

Há muito o que ver, conhecer, assombrar-se, estranhar-se, maravilhar-se em 2020. Se você não mora em São Paulo, tente organizar uma viagem para a cidade e desfrutar dos aparelhos culturais que ela oferece. E, para quem mora lá, celebre viver em uma cidade com tantas opções culturais prestigiando os eventos!

Talvez te interesse ler também:

Globo de Ouro 2020: Joaquin Phoenix e Brad Pitt premiados também na categoria humanidade

Artista faz instalação com banana e a vende por 120 mil dólares. Obra viraliza na web

Transforme sua vida com a leitura. Veja 5 dicas para ler mais

Fonte foto

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin
É doutora em Estudos de Linguagem, já foi professora de português e espanhol, adora ler e escrever, interessa-se pela temática ambiental e, por isso, escreve para o GreenMe desde 2015.
Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

Você está no Instagram?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!

Siga no Instagram
Siga no Facebook