6 Parques Nacionais para conhecer nos 4 cantos do Brasil

  • atualizado: 
abrolhos-arquipelago

Brasil, um país abençoado por Deus e bonito por natureza! Mas o quanto desta natureza nós conhecemos? Uma ótima opção de viagem é conhecer alguns dos vários parques nacionais que temos espalhados pelos 4 cantos do país. Vejamos alguns deles:

Começamos pela rica região norte do Brasil, muitas vezes desconhecida pela população brasileira do sul e do sudeste. 2017 é o ANO INTERNACIONAL DO TURISMO SUSTENTÁVEL. Vamos aproveitar?

Itaituba - PA: Parque Nacional da Amazônia

parque nacional amazonia

Que tal um banho de floresta? Este parque fica no oeste do Pará e é responsável pela proteção de inúmeras nascentes que desaguam nos rios Amazonas e Tapajós além de ser habitat de várias de nossas espécies ameaçadas de extinção, entre outras, a anta (Tapirus terrestres), a arara-juba (Aratinga guarouba) e a onça-pintada (Phantera onca).

É possível chegar ao parque de avião, ônibus ou barco. Saiba tudo sobre as rotas clicando aqui.

Guaraqueçaba - PR: Parque Nacional do Superagui

parque nacional do superagui

Considerado Patrimônio Natural e Histórico do Paraná, este parque fica no litoral norte do estado, no município de Guaraqueçaba. Além disso é Reserva da Biosfera e Sítio do Patrimônio Natural.

São quilômetros de praias virgens imersas em áreas de floresta e restinga. Dentro do parque encontra-se as Ilha das Peças, Pinheiro e Pinheirinho de onde se pode avistar botos na primeira e revoadas de papagaios-da-cara-roxa no por do sol das segundas ilhas. Simplesmente de tirar o fôlego.

O acesso ao parque se dá por meio de barcas que partem de Guaraqueçaba e de Paranaguá. Veja aqui os horários das barcas e outras informações turísticas.

Fernando de Noronha - PE: Parque Nacional Marinho de Fernando de Noronha

parque nacional marinho fernando noronha

O paraíso é logo ali: piscinas naturais, trilhas ecológicas, praias paradisíacas. Você sabia que o parque abriga sítios históricos que contam mais de 500 anos de história do Brasil? O arquipélago, além de ser um patrimônio natural, é também um patrimônio histórico!

O acesso ao parque se dá desde Recife (PE) ou Natal (RN). Veja todas as informações clicando aqui.

Rio de Janeiro - RJ: Parque Nacional da Tijuca

parque nacional tijuca copiar

É a a primeira grande floresta replantada do mundo, situada no coração da Cidade Maravilhosa, o Parque Nacional da Tijuca abrange o Corcovado e o Cristo Redentor.

O acesso ao parque se dá de diversos modos: a pé, de bicicleta, carro, moto e ônibus.

Trilhas, cachoeiras incríveis e até ruínas históricas de 1970 são as atracões do parque além dos mirantes Dona Marta, Excelsior e Vista Chinesa, das pedras da Gávea e da Bonita.

Veja mais informações sobre como chegar e todas os circuitos turísticos do parque, clicando aqui.

São Jorge - GO: Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros

parque nacional chapada veadeiros

A entrada do parque fica no distrito de São Jorge, a 36 km de Alto Paraíso de Goiás.

Você conhece o Cerrado brasileiro? Então chegou a hora de ver o seu máximo esplendor aqui, na Chapada dos Veadeiros, com seus diversos tipos de vegetação, suas nascentes, cachoeiras, cursos d’água e formações de chapadões imersos na estupenda paisagem do segundo maior e mais ameaçado bioma da América do Sul.

E entre as principais atividades do parque estão o cicloturismo e o balonismo. Um sonho!

Veja todas as informações aqui.

Abrolhos - BA: Parque Nacional Marinho Abrolhos

parque nacional abrolhos

O primeiro Parque Nacional Marinho do Brasil está em Abrolhos, litoral sul da Bahia.

Que tal avistar baleias-jubarte e outras espécies que o parque ajuda a proteger? A biodiversidade marinha ali é a maior do Atlântico Sul!

O acesso se dá pela cidade mais próxima ao parque que é Caravelas. Veja como chegar e outras informações clicando aqui.

Conheça outros Parques Nacionais:

CHAPADA DOS GUIMARÃES: CONHEÇA SUAS PRINCIPAIS ATRACÕES TURÍSTICAS

CONHEÇA O PARQUE NACIONAL DE BRASÍLIA E SUA TRILHA DE 15 KM PARA CICLISTAS

PARQUE NACIONAL DA SERRA DA CAPIVARA, PATRIMÔNIO DA HUMANIDADE, PEDE SOCORRO!

Fonte e fotos: Fundação Grupo Boticário