Brahmi: reduz a ansiedade, a insônia e melhora as funções cerebrais

  • atualizado: 
Bacopa monnieri ou Brahmi benefícios, para que serve, como usar

A Bacopa monnieri, também chamada de Brahmi, é uma plantinha rasteira da família Scrophulariaceae, com pequenas flores brancas ou violetas, cujas qualidades curativas e usos vem descritas nos textos clássicos da Medicina Ayurvédica. Esta planta é encontrada em todo o subcontinente indiano até os 1320 metros de altitude.

Qualidades e usos, segundo a Ayurveda

Um dos usos e aplicações da Bacopa monnieri é na busca pela longevidade e melhoria nos processos cognitivos. Também é considerada, principalmente, um forte tônico para as funções cerebrais com importante efeito diurético.

A Bacopa monnieri possui propriedade adstringente, sabor amargo-doce e tem ação refrescante.

Na Ayurveda se diz que seu uso visa o equilíbrio dos doshas Vata e Kapha sendo usada, principalmente, na área psico-emocional pois, seu consumo tem efeitos significativos na redução da ansiedade, na insônia e na melhora das funções cerebrais como a memória e a integridade da capacidade intelectual. É um rejuvenescedor da mente, um rasayana.

Por esta ação, é bastante positivo seu uso em casos de estresse emocional com fadiga mental, insônia e ansiedade.

Benefícios e usos, segundo a fitoterapia

O extrato de Bacopa monnieri é usado tanto para crianças quanto para adultos, em uma diversidade de casos:

1. Potencializar a memória

2. Epilepsia e controle de convulsões

3. Controle de ansiedade, fadiga mental

4. Tônico para o sistema nervoso

5. No mal de Alzheimer e outras situações relacionadas com o avanço da idade, que implicam na redução da capacidade cerebral e celular (se afirma que seu uso detêm a deterioração das células cerebrais

6. Em casos de asma e problemas brônquicos

7. Tratamentos contra depressão e estresse

8. Úlceras estomacais

9. Como laxante

Algumas contraindicações

Apesar desta planta já ser usada há séculos pela medicina ayurvédica e, para esses casos, ser considerada podem ocorrer alguns efeitos secundários ao seu uso como náuseas, vômitos, dores de cabeça, cólicas abdominais.

Em algumas pessoas que sofrem de distúrbios hemorrágicos, o consumo desta planta pode causar hemorragia grave.

Seu consumo é contraindicado no caso de que você vá se submeter a alguma cirurgia (inclusive dentária) pois, como já se sabe, potencializará os efeitos de hemorragias. Se for o seu caso, pare de tomar o extrato de Bacopa algumas semanas antes, para que seu corpo se limpe desses efeitos.

O uso da Bacopa altera os níveis de glicose e insulina no sangue portanto, as pessoas que fazem uso de medicamentos para diabetes devem ter muito cuidado com o seu consumo e controlar seus níveis sanguíneos ajustando o medicamento à nova realidade.

Como é um poderoso diurético, a Bacopa pode gerar sintomas de queda acentuada da pressão arterial com todos os incômodos inerentes: tontura, palpitações e fadiga muscular.

Estudos sobre o uso da Bacopa monnieri

Caso você se interesse em aprofundar seus conhecimentos sobre o uso fitoterápico da Bacopa monnieri, indicamos alguns estudos deveras interessantes como este que comprova os efeitos do “turbinamento” cerebral.

Mas, apesar de tantas notícias boas, a recomendação é de que você não comece a tomar extrato de Bacopa monnieri (sim, é fácil de se encontrar pois grandes laboratórios fitoterápicos já o produzem) sem antes ser acompanhado, e diagnosticado, por um médico que entenda das variações cerebrais versus estresse e outros sintomas. É o que eu faria, com certeza.

Especialmente indicado para você:

setaBRAIN FOOD: A DIETA BOA PARA O CÉREBRO, QUE NOS DEIXA MAIS INTELIGENTES

setaSEXO DEPOIS DOS 50 AJUDA O CÉREBRO E A MEMÓRIA

setaO SEGREDO DA FELICIDADE ESTÁ NA NOSSO CÉREBRO