Papoula - usos e benefícios na medicina popular

papoula uso beneficio

Papoulas são flores anuais da família Papaveraceae, naturais dos campos do Oriente Médio e sul da Europa. Conheça as diferentes variedades e seus usos medicinais e culinários.

Uma das variedades de papoula, a Papaver somniferum de cujo látex se extrai o ópio. As pétalas e sementes da papoula são usadas na culinária mediterrânea, asiática, turca e báltica.

Papaver somniferum

Porém, a papoula comum que abunda nos campos de trigo, avermelhando no meio do trigo dourado, é a Papaver rhoeas ou como também é conhecida, Papaver strigosum, Papaver commutatum), cujas sementes, comestíveis, podem permanecer inativas no solo até 80 anos e ressurgirem em flores vermelhas brilhantes.

Papaver rhoeas

A Papaver somniferum e a P. rhoeas são usadas na medicina desde a Grécia antiga como sedativa. Mas, seu uso é perigoso pois causa dependência. Na Europa também se usava o ópio em um remédio muito antigo, láudano, suco concentrado de papoula que, segundo seu criador, Paracelso, um médico e alquimista, curava muitas doenças e até rejuvenescia. Em 1803 os alcalóides da papoula foram isolados, no ópio, e criado um cristal poderoso, a morfina.  No látex maduro da papoula existem os seguintes alcalóides: morfina, codeína, papaverina e tebaína.

A Papaver somniferum é cultivada em larga escala para a produção de medicamentos opiáceos, principalmente na Índia, Tâsmania e Turquia  e pretende-se estender esta cultura para o Afeganistão. Os opiáceos à base de morfina são considerados medicamentos essenciais pela Organização Mundial de Saúde por sua eficácia em aliviar a dor forte.

Cápsula madura de látex da Papaver somniferum

capsula madura

Campo de Papaver somniferum na Tasmania

campo de papaver

Os povos que têm papoula em seus campos - europeus e asiáticos - costumam usar esta planta para tratar sintomas de ansiedade e estresse, pelo seu conteúdo em papaverina e morfina; tosses, asmas e bronquites, pelo seu conteúdo em codeína; dor de dentes e outras necessidades de antiinflamatório, sudorese e analgesia. Para conhecer mais detalhes sobre o uso medicinal popular, leia aqui.

Leia mais:

setaREMÉDIOS CASEIROS SIMPLES E EFICAZES CONTRA A ANSIEDADE

setaEFEITOS DO ESTRESSE NO CORPO HUMANO

As indicações de uso para a papoula são:

círculo verde INFUSÃO: uma xícara de água e 6 ou 8 pétalas de papoula. Beber até 3 xícaras ao dia;

círculo verde XAROPE: infusão de 170 ml de água e 10g de pétalas secas por 5 minutos, coa-se e acrescenta-se 340g de açúcar mascavo. Indicadas de duas a quatro colheres de sobremesa antes de dormir.

círculo verde DECOCÇÃO: Apesar de os efeitos dos frutos da papoula serem semelhantes aos das pétalas, neles se encontram maior concentração de ativos. Devem ser colhidos enquanto verdes. A decocção é preparada com 2 ou 3 cápsulas (frutos) em 100ml de água e devem ser tomadas algumas colheres de sopa antes de dormir.

Na culinária, as pétalas são comidas cruas, em saladas e suas sementes, usadas como condimento em receitas étnicas (tem sabor a nozes) ou cobertura de pães e bolos. Leia mais aqui e saiba que, apesar de não se registrar toxicidade no consumo das sementes de papoula, ou em suas pétalas, caso você as ingira e faça um exame de opiáceos, é muito provável que dê positivo pois, em toda a planta há algum nível dos alcaloides que já mencionamos.

Bolo de rolo com sementes de papoula, tradicional da Polônia

Makowiec

No Brasil é proibida a comercialização de semente de papoula.

Especialmente indicado para você:

setaO USO DA KAVA-KAVA CONTRA ANSIEDADE, SEUS BENEFÍCIOS E RISCOS

setaALCAÇUZ, RAIZ DOCE QUE CURA DE ANSIEDADE A PROBLEMAS DE MENOPAUSA

setaDAMIANA: ERVA BOA PARA TRATAR ANSIEDADE

Fonte: plantasmedicinaisefitoterapia.com