Beterraba: calorias, benefícios e como usá-la

beterraba

A beterraba (Beta vulgaris), também conhecida como beterraba vermelha ou beterraba horta, é definida como uma planta herbácea bienal, reconhecível pela presença de folhas em forma de coração, pequenas flores verdes ou avermelhadas, a partir da qual se originam os frutos duros.

Esses frutos não são utilizados para consumo humano, mas sim as folhas e as raízes do tubérculo, caracterizado por uma forma arredondada e uma cor vermelho brilhante. O vermelho da beterraba se distingue pela abundância de minerais e vitaminas. A sua composição é principalmente de água. Uma beterraba contém sais minerais, tais como sódio, cálcio, potássio, ferro e fósforo. Em relação às vitaminas, destaca-se a presença de vitamina A, vitamina C e vitaminas do grupo B.

Benefícios de beterraba

Tanto o tubérculo quanto as suas folhas são ricos em flavonoides e antioxidantes, útil para proteger o corpo contra os radicais livres. O teor de vitamina A, essencial para a proteção da visão, é mais elevada nas folhas do que nos tubérculos. Entre as vitaminas B, encontra-se o ácido fólico, também conhecido como vitamina B9, considerado particularmente útil para a ingestão durante a gravidez a fim de evitar problemas no desenvolvimento fetal. O teor de vitamina B9 é mais alto na beterraba crua e pode ser reduzido pelo cozimento.

Por causa de seu conteúdo mineral, a beterraba é indicada como alimento útil para a reintegração do organismo. Tanto a raiz da beterraba quanto o seu suco são considerados bons para o caso de anemia. A adição de suco de limão ao tubérculo é indicada a fim de promover a absorção de ferro.

Os efeitos da beterraba no tratamento de tumores, com especial referência para o câncer de cólon, estão sendo estudados desde os anos oitenta. Estudos mais recentes têm-se centrado na beterraba e o sumo extraído dela como alimentos úteis para a prevenção do câncer e de desordens cardiovasculares. Devido ao seu teor de vitamina, a beterraba fortalece os capilares e ajuda a melhorar a circulação sanguínea.

Calorias de beterraba

100 gramas de beterraba contém apenas cerca de 20 calorias. Consumir beterraba combate as doenças do fígado e reduz a inflamação que afeta o corpo, especialmente o sistema digestivo.

Usos de beterraba

O consumo de beterraba pode ser contraindicado em pessoas que sofrem de pedras nos rins, devido ao seu teor de oxalatos, de gastrite, pois a beterraba estimula a produção de sucos gástricos, e de diabetes, por causa do alto teor de açúcar nesse tubérculo cozido.

Depois de cozida, a beterraba assume um vermelho muito escuro, quase roxo. A partir de beterraba, obtém-se um corante natural utilizado pela indústria alimentícia para a produção de outros alimentos. Os corantes naturais presentes na beterraba também podem ser empregados para a produção de produtos cosméticos, tais como batons naturais, e para o tingimento de tecidos, de acordo com métodos tradicionais. Na pâtisserie, o suco de beterraba é usado para dar cor natural a cremes e bolos. A beterraba pode ser consumida crua (ralada ou em fatias finas) e temperada com suco de limão, ou, ainda, cozida, assada ou frita.

Esse tubérculo é um excelente ingrediente para utilização na preparação de sopas e sopas de legumes. Na Europa Oriental e na Rússia, as beterrabas são o principal ingrediente na preparação de borscht, uma sopa feita de beterraba vermelha, original da Ucrânia e típica do mundo eslavo.

Suco de beterraba

O suco de beterraba é considerado muito saudável. É doce e contém, em particular, vitamina C e minerais como potássio, magnésio, manganês e fósforo . O suco de beterraba vermelha é indicado devido às suas propriedades diuréticas e aos benefícios anticâncer.

Leia também: