Vitamina B6: benefícios e fontes

vitamina b6

A vitamina B6, também conhecida como piridoxina, faz parte das vitaminas do complexo B, grupo composto de oito vitaminas que trabalham sinergicamente para ajudar a converter os alimentos que ingerimos em energia. Nosso corpo precisa dessas vitaminas para que funcione corretamente.

Juntas, as vitaminas do complexo B promovem a funcionalidade do sistema nervoso central e protegem a saúde dos olhos, cabelos, fígado e pele. A vitamina B6 parece também desempenhar um papel importante para a saúde do coração e na prevenção do câncer do cólon e do reto.

Disponível em uma larga variedade de alimentos, vejamos quais são os principais benefícios e através de quais fontes de alimentos podemos desfrutar da vitamina B6.

Benefícios

 

A vitamina B6 reduz o risco cardiovascular

A carência de vitamina B6 é considerada rara, mas pode causar sérios problemas de saúde. Uma deficiência de vitamina B6 é acentuada pela ingestão de álcool e, em caso de dependência, pode aumentar o risco associado ao aumento da doença cardiovascular. Assim, a ingestão adequada de vitamina B6 poderia proteger o coração. Mas são necessários mais estudos para confirmar este benefício.

A vitamina B6 previne o câncer colorretal

Entre as suas muitas funções, a vitamina B6 atua como uma coenzima em dezenas de reações bioquímicas que ajudam o corpo a nos manter saudáveis. Pesquisadores do Karolinska Institutet, na Suécia, coletaram um conjunto de dados de estudos anteriores para investigar a associação entre a ingestão de vitamina B6, e ou os níveis desta vitamina no sangue, com a redução do risco de câncer colorretal. Níveis mais altos de vitamina B6 podem prevenir esse tipo de câncer. Os pesquisadores pretendem se aprofundar nesse tema. O estudo foi publicado no Journal of American Medical Association em 2010.

A vitamina B6 pode contribuir na proteção da vista

Os níveis elevados de homocisteína no sangue estão associados a um risco aumentado de degeneração macular. A vitamina B6, e outras vitaminas do complexo B, ajudam a manter os níveis de homocisteína mais baixos e a proteger a vista. O ácido fólico e a vitamina B12 também são úteis para reduzir eventuais níveis elevados de homocisteína.

A vitamina B6 protege o cérebro

A vitamina B6 é conhecida pela sua importância na protecção do cérebro e do sistema nervoso central. Em particular, acredita-se que ela possa proteger as funções cerebrais e prevenir o mal de Parkinson e o Alzheimer, doenças degenerativas do sistema nervoso central. É considerada útil também em casos de depressão, transtornos de humor, síndrome pré-menstrual e dores de cabeça crônicas.

Fontes

 

Como tomar a vitamina B6

Como tomar vitamina B6? Antes de tudo, a ingestão desta vitamina, solúvel em água, deve ser feita através da alimentação. Somente no caso de carência de vitamina B6, um médico poderia recomendar o uso de suplementos.

Os sintomas da deficiência são pele seca, cabelo seco, dificuldade de concentração, irritabilidade, insônia e dificuldades de visão.

A Food and Drug Administration indica que o valor diário de vitamina B6 a ser assumida normalmente é de 2 miligramas.

Alimentos fontes de vitamina B6

São tantos os alimentos que contêm vitamina B6. Entre os alimentos de origem animal estão a carne de frango, peru, fígado, ovos, leite, queijo, salmão e frutos do mar. Mas a vitamina B6, no entanto, não está apenas presente em alimentos de origem animal. Os veganos podem adquiri-las em leguminosas como feijões e lentilhas, em vegetais verde-escuros, como o espinafre e a couve, nas cenouras e nos produtos à base de trigo, com especial referência para a farinha de trigo integral, para o farelo e o gérmen de trigo. Também são fontes de vitamina B6: batatas, couve, banana, melão, abacate, castanhas e vagem.

Leia também:

seta

B12: A VITAMINA ABSOLUTAMENTE NECESSÁRIA

seta

VITAMINA C PODE FAZER TÃO BEM QUANTO ATIVIDADES FÍSICAS

seta

VITAMINA D É PRECISO

 Fonte foto: livonlabs.com