/morar/horta-e-jardim/8301-zimbro-juniper-como-cultivar

Zimbro (Juniper): como cultivá-lo em vasos e no jardim

  • atualizado: 
Zimbro - Juniper

O Zimbro, ou Juniperus, é um gênero de planta que faz parte da família Cupressaceae, denominado também com o nome Juniper.

A árvore do Zimbro distingue-se pelas suas folhas em forma de agulha ou de escama e a presença de bagas escuras.

Esse gênero de planta possui diversas variedades com diferentes cores, tamanhos e formas que podem criar uma paisagem espetacular em um ambiente!

As bagas de zimbro são usadas na medicina fitoterápica como remédio para problemas do trato urinário, como a cistite.

Povos ameríndios, como os navajos, utilizam o extrato de Juniperus para tratar diabetes e o médico e herbalista Nicholas Culpeper (século XVII) recomendava as bagas maduras de Juniperus para tratar asma e afecção no nervo ciático.

Conheça outros benefícios do Zimbro para a saúde no conteúdo:

Agora, saiba mais sobre essa árvore e como cultivá-la.

Descrição e Características

Juniperus é um gênero de árvores caracterizadas por apresentarem tronco robusto, madeira duradoura e, em geral, excepcional longevidade.

O gênero Juniperus é composto por 52 e 67 espécies arbóreas.

Esse gênero tem uma distribuição natural no Hemisfério Norte, desde as costas do Ártico até à região tropical da África e nas regiões montanhosas da América Central, apresentando a sua máxima diversidade nas regiões do Mediterrâneo.

As espécies deste gênero são conhecidas pelos nomes: Cedro, Zimbro, Zimbreiro, Zimbros, Zimbreiros, Junípero, Juniperu, Juníperos, Sabinas e Sabina.

As arbóreas do gênero Juniperus em geral variam em entre 20 até 40 metros de altura, com arbustos colunares ou rastejantes com longos ramos no solo.

A maioria das espécies Juniperus florescem durante a Primavera.

Usos e Utilidades do Zimbro

A estrutura carnuda, conhecida por "Baga de Zimbro" é, geralmente, aromática semelhante ao Pinho, sendo também utilizada como especiaria em culinária e como aromatizante e corante na confecção de bebidas destiladas.

A utilização mais conhecida do Zimbro é como matéria-primária do Gin, bebida cujo nome deriva da designação na língua flamenga dessa planta, que é Genever.

As Bagas de Zimbro são fonte principal do sabor e cor do licor Jenever ou Genebra e das cervejas do tipo Sahti.

O óleo essencial do Zimbro é extraído das suas Bagas que para isso são destiladas à vapor.

Alguns dos princípios ativos que fazem parte desse óleo são mais o alfa-pineno, cadineno, canfeno e terpineol.

zimbro 2

Desenvolvimento do Zimbro

O Zimbro é muito resistente e tem pouca necessidade de água.

Aprecia ambientes secos e clima quente, mas também pode se desenvolver em locais mais frescos, como nas montanhas.

Essa árvore gosta de receber luz solar plena ou pelo menos luz parcial.

Se você pretende cultivar Zimbro em vasos ou no jardim, o mais indicado é mantê-lo em local ensolarado.

Propagação do Zimbro

A multiplicação do Zimbro se dá através de sementes ou por estacas.

O período mais adequado para a semeadura ou o transplante do Zimbro é na Primavera, quando o clima fica mais ameno.

O plantio por estaquia se dá obtendo estacas (galhos), de cerca de 12 cm de comprimento, a partir da planta e colocando-as em um vaso ou jarra de vidro com água para formar raízes e assim poder transplantá-las para o solo.

Solo para o Zimbro

O Zimbro é uma árvore que se dá bem em solos secos, sem muitos nutrientes e bem drenado, não tolerando umidade excessiva.

Para cultivar Zimbro em vasos ou no jardim, misture o solo comum com areia.

zimbro 3

Quando podar o Zimbro

Para realizar a poda, o indicado é que seja a antes da chegada da Primavera.

A poda do Zimbro tem a finalidade de modelar a forma e o feitio da árvore e eliminar ramos secos e danificados, favorecendo o bom desenvolvimento dela.

Como evitar parasitas no Zimbro

O Zimbro é bem resistente, mas pode ocorrer de ser acometido por parasitas como pulgões e cochonilha.

Para evitar isso, você pode usar remédios naturais, como a decocção de Alho ou maceração de Cavalinha.

Significados do Zimbro

Na linguagem das plantas e flores, o Zimbro tem o Poder de Proteção contra o Mal e isto é reforçado e simbolizado pelos seus ramos espinhosos.

No passado, seguindo a tradição popular era indicado pendurar galhos de Zimbro nas portas das casas, como amuleto de proteção para os seus moradores.

Na Noruega, os galhos de Zimbro são utilizados como enfeite de Natal.

Na Alemanha, diz a lenda que os Zimbros são moradas dos bons espíritos que afastam toda negatividade.

Até na Bíblia o Zimbro aparece no Antigo Testamento em 1 Reis 19, em uma passagem com a história do profeta Elias que, após ter provado que Jeová era o Deus verdadeiro e não Baal, passou a ser perseguido e ameaçado pelo Rei Acabe e a rainha Jezabel que queriam que o povo de Israel idolatrasse o falso deus.

Nesse contexto o profeta Elias se refugiu debaixo de um pé de Zimbro, onde adormeceu e foi acordado por um Anjo que veio lhe ajudar e estimular a seguir em frente para cumprir sua missão.

A Força do Zimbro

Com sua robustez, resistência, vigor e simbolismos é bem estimulante e inspirador ter essa árvore em casa, seja para apreciá-la ou repousar debaixo dela!

Talvez te interesse ler também:

CICLAME: COMO CULTIVÁ-LO EM VASOS OU NO JARDIM

BEGÔNIA: CUIDADOS E COMO PLANTAR NO VASO OU JARDIM

HORTÊNSIA: COMO CULTIVÁ-LA EM VASO OU JARDIM

siga brasile pinterest

Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

siga brasile instagram

Você está no Instagram?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!