©patre_oficial/Instagram

Morre Bob, o cão que vivia no cemitério onde sua humana foi enterrada. Veja as homenagens

Morre Bob, o cão que vivia no cemitério onde sua humana foi enterrada. Veja as homenagens

O cão Bob ficou conhecido no mundo inteiro após sua história ser divulgada na Internet e em grandes noticiários.

Infelizmente, Bob nos deixou e de tão querido que era, recebeu homenagem em seu enterro.

Conheça a comovente história de Bob.

A história de Bob

Bob vivia há cerca de 10 anos no Cemitério da Saudade, em Taboão da Serra -SP.

Ele passou a viver nesse local depois do falecimento de sua tutora, que foi enterrada neste cemitério.

Bob acompanhou o sepultamento de sua humana e, mesmo voltando para a casa dos familiares da sua falecida tutora, ele retornava constantemente ao cemitério e lá ficava por dias.

Este doguinho acabou se acostumando em ficar no local e foi se familiarizando com os funcionários do cemitério.

Ele acompanhava os coveiros nos trabalhos de sepultamentos e nos enterros. Devido a isso, ele era chamado de Bob Coveiro.

A Ong Proteção Animal de Taboão e Região-PATRE, ajudava com os cuidados de Bob e até criou um perfil no Facebook para ele: Bob Coveiro.

Veja neste vídeo, do SBT News, a história de Bob e os depoimentos de carinho dos funcionários em relação a esse peludinho:

Como Bob morreu

O cão Bob acompanhava os funcionários até suas casas e em um fatídico dia ele estava seguindo um deles e foi atropelado por uma moto que vinha em alta velocidade e nem sequer parou para socorrê-lo.

Ele chegou a ser levado ao veterinário pelo pessoal do cemitério, mas infelizmente, não resistiu.

Assista neste vídeo do canal Jornal SP Repórter News, o anúncio da morte de Bob:

Cerimônia de homenagem no sepultamento de Bob

Vivendo no Cemitério da Saudade, o cão Bob fez muitos amigos e era muito querido pelas pessoas das redondezas. Por isso, recebeu uma justa homenagem em seu enterro, no último 25 de Outubro.

O corpo de Bob foi colocado em um caixão com flores e também recebeu uma coroa de rosas escrita “Saudade Eterna”.

Veja, neste vídeo postado no perfil de Bob Coveiro, no Facebook, a cerimônia do velório e sepultamento dele:

Homenagem a Bob pelas redes sociais

A ONG Patre, também fez uma linda homenagem na sua página do Instagram:

Esta triste notícia impactou muita gente, como autoridades e moradores de Taboão da Serra, funcionários do Cemitério da Saudade e os internautas que conheciam Bob pelas redes sociais.

Estas pessoas demonstraram pesar pela morte deste cão, de várias maneiras: postando mensagens na Internet, fazendo vídeos para homenagear Bob ou indo ao sepultamento dele.

A lição que Bob nos deixou

O cão Bob deixou belos exemplos:

Que  alegria, amizade e companheirismo são bálsamos para quem vive um luto.

Ele acompanhava os enterros, fazia amizade com aqueles que se despediam dos seus entes queridos, alegrava o dias dos coveiros e funcionários do cemitério e adorava correr atrás da bolinha.

A lição que ele deixou é que o amor é simples!

Veja outras histórias dos amigos cães em:

Pelos seus amados cachorros, mulher sem teto prefere ficar na rua!

Cachorro aparece na delegacia para denunciar seu desaparecimento

Carter, o menino com vitiligo que começou a se aceitar quando conheceu um cachorro como ele

Cadelinha consegue se curar de câncer raro e agressivo com Viscum album

Marido diz à esposa: eu ou os cachorros? E ela fica com os cachorros

Gostou? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on tumblr
Share on reddit
Share on pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *