Como parar o irritante som de água pingando usando ... a ciência!

  • atualizado: 
som de água pingando

Plim, plim, plim. Uma tortura, ninguém merece! Este barulho é capaz de enlouquecer qualquer cérebro mais do que o estrilar de uma motosserra, porque o som da queda da gota d'água ressoa mais alto que um concerto do Metallica. Mas a natureza deste som é cientificamente demonstrável. E seria um minúscula bolha de ar a responsável por tanto rumor.

Bom, alguns cientistas intrigados com este barulho enlouquecedor, começaram a estudar o fenômeno para descobrirem como conseguir parar com essa coisa irritante. Mas a solução definitiva continua sendo, infelizmente, chamar o encanador.

Contudo, Anurag Agarwal, da Universidade de Cambridge, um especialista na indústria aeroespacial aerodinâmica, eletrodomésticos e aparelho de aplicações biomédicas, aprendeu que o som irritante das gotas que caem da torneira pingando é causada por bolhas de ar presas sob a água. Bastaria adicionar uma pitada de detergente líquido ao recipiente que captura as gotas para interromper o "som plim plim".

Esse ruído depende, resumindo, da oscilação de uma bolha microscópica de ar que se forma logo abaixo das gotas no momento do impacto, o qual por sua vez, força a superfície da água a vibrar e a libertar o som no ar.

Os brilhantes engenheiros do departamento de engenharia da Universidade de Cambridge descobriram assim, neste novo estudo, que fora mais tarde publicado na revista Nature, que, se você alterar a tensão superficial da água onde as gotas caem, por exemplo, colocando o detergente nela, é possível eliminar o som irritante.

A idéia da busca começou quando Agarwal foi visitar um amigo e ficou acordado a noite inteira por causa de uma perda de água do teto, que pingava em um balde no chão. Irritado com o barulho começou a analisá-lo no laboratório com câmeras de alta velocidade e microfones.

"Ao usar câmeras de alta velocidade e microfones de alta sensibilidade - explica Samuel Phillips, um dos autores do estudo - fomos capazes de observar diretamente a oscilação da bolha de ar, pela primeira vez, mostrando que a bolha é o principal motor tanto para o som subaquático quanto para o característico som aéreo. Mas o som aéreo não é simplesmente o campo sonoro subaquático que se espalha na superfície, como se pensava anteriormente".

Seria de fato a oscilação da pequena bolha a espalhar as vibrações na superfície da água. A bolha, que se forma na parte inferior da cavidade sob a gota, age como um pistão e produz ondas sonoras.

O irritante "link sound", como os ingleses o definem, é na verdade o resultado da oscilação de uma pequena bolha de ar aprisionada sob a superfície da água. A bolha vibra a superfície da água em harmonia com ela, o que envia ondas acústicas aos nossos ouvidos de uma forma semelhante a um pistão. A bolha de ar presa deve estar perto do fundo da cavidade causada pelo impacto da queda, de modo que o som do "plink" seja audível. Et voilà.

O objetivo da pesquisa? Os estudiosos indicam a possibilidade futura de sintetizar o som das gotas com maior precisão para produções multimídia, como filmes ou videogames.

Enquanto isso, como conselho, só podemos te dizer de não pensar muito e ajustar a torneira (ou onde pinga) assim que possível, para evitar a perda de grandes quantidades de um recurso tão precioso como a água. 

E fazer o teste do detergente enquanto o encanador não vem, claro! Não custa nada!

Talvez te interesse ler também:

20 DICAS PARA ECONOMIZAR ÁGUA NO DIA A DIA E COMO ENSINAR AS CRIANÇAS SOBRE O SEU USO CONSCIENTE

COMO ECONOMIZAR ÁGUA EM CASA: CONSELHOS DE ESPECIALISTAS

siga brasile pinterest

Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

siga brasile instagram

Você está no Instagram?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!