Como plantar romã: um miniguia fácil de entender

Como plantar romã: um miniguia fácil de entender

A romã, Punica granatum, não é fruta brasileira mas, em vaso, e com cuidado, sempre se pode criar um pé em casa. Em algumas regiões também dá em jardins só que esta planta se ressente, bastante, do excesso de umidade no ar e dos calores do verão. Mas, é uma arvoreta linda, que dá frutos deliciosos.

Romã pode se plantar da semente, é claro. Para isso você deverá escolher uma romã saudável – aqui se compra romãs nos bons supermercados, durante todo o ano e, até nas feiras, no final de ano. Separe as sementes e retire delas toda a fruta que fica em volta, a polpa vermelha, e plante-as em solo bem drenado, úmido e com alto teor de matéria orgânica, em buraquinhos de meio centímetro de profundidade.

Recubra as sementes levemente e mantenha a umidade do vaso de forma a não secar a terra nem encharcar. A maneira mais prática é colocar a base do vaso de germinação em uma bacia com água e deixar que esta se abasteça por capilaridade. Cubra o vaso de germinação com um filme plástico, para preservar a umidade, se a sua região for muito seca ou ventosa.

Em 30 a 40 dias as mudas deverão começar a despontar no solo e será a hora de tirar a cobertura plástica, sempre mantendo o vaso protegido de ventos e secas. Nas regiões onde podem ocorrer geadas, mantenha seu vaso de germinação dentro de casa, ao lado de uma janela ensolarada.

Plante 3 sementes por vaso. Quando tiverem uns 10 cm de altura, você poderá escolher a mais forte e retirar as outras, que serão descartadas. Mas, se todas as 3 estiverem boas e bonitas, transfira-as para vasos maiores, definitivos. Quando se planta a romã a partir de semente a planta só dará frutos anos mais tarde, acompanhando o ritmo natural da espécie.

plantar roma 2

Você também pode comprar uma muda grande, já em fase de produção, e transplantá-la para o seu jardim ou varanda. No jardim, escolha um canto entre muros, onde o vento não seja dominante – as flores da romã caem com vento forte e, sem flores, não há frutos – mas que seja ensolarado. Cuide de que o solo seja bem drenado, que a arvoreta não fique em lugar que possa acumular água em poças. Se sua ideia for a de ter uma romãzeira na varanda, compre um vaso grande, com pelo menos 70 cm de altura e 60 cm de boca, faça uma boa drenagem no terço inferior do vaso, encha-o com terra orgânica e areia de rio, a 50%, adube-o com composto orgânico bem curtido um mês antes de colocar a muda da romãzeira.

A adubação da romãzeira deverá ocorrer sempre que esta florir – o mais cômodo será você usar farinha de osso, torta de mamona, húmus de minhoca e cinza de fogueira, misturando com a terra da parte de cima do vaso onde está a planta. Outra boa maneira é regar a planta com um batido de ervas, restos orgânicos, casca de ovo, que você faz no liquidificador e usa de imediato.

Especialmente indicado para você:

ROMÃ: USOS E TODOS OS BENEFÍCIOS COMPROVADOS

TRATAMENTO ANTIENVELHECIMENTO É DESCOBERTO EM ROMÃS

SUCO DE ROMÃ. A RECEITA MAIS SIMPLES EXPLICADA PASSO A PASSO

Gostou? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on tumblr
Share on reddit
Share on pinterest

2 comentários em “Como plantar romã: um miniguia fácil de entender”

  1. Avatar
    Sheila Mara Mesquita Da Fonseca Gonçalves de Oliveira

    Vou experimentar esta idéia, pois além de ser uma fruta saborosa( para quem gosta de uma mistura de sabores azedo e doce) atua como antioxidante e o chá das sua casca diminui a dor na garganta inflamada.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *