Casa abandonada vira obra de arte com 100.000 flores (FOTOS)

  • atualizado: 
Casa abandonada flores

Nada mais agradável do que poder contemplar a celestial beleza das flores. Imagine então entrar em uma casa repleta com mais de 100.000 flores, seria no mínimo impressionante. E, apesar de parecer impossível, é justamente com essa quantidade expressiva de flores que Lisa Waud enfeitou duas de suas casas para uma exposição inspirada pelas belezas magistrais da Pont Neuf (ou “Ponta Nova”) em Paris.

Lisa Waud é uma conceituada florista americana que adquiriu duas casas em Detroit pelo singelo valor de US$500 dólares. Dadas às condições dos imóveis, Lisa sentiu-se motivada a utilizá-los de uma forma consciente e que pudesse dar ênfase à sustentabilidade. Além disso, também pensou numa forma de gerenciar um plano de longo prazo para as casas que serão desmontadas e recicladas, dando lugar ao cultivo dos mais variados tipos de flores.

Lisa explica que tem “esperança de que essa construção, assim como o reaproveitamento de sua terra, inspire os outros a verem estruturas abandonadas como plataformas para a arte e negócios, além de utilizadas de uma maneira ambientalmente responsável”. Com isso, a mensagem será focada justamente em como as construções vazias e sem utilização podem ser repensadas.

Assim, com a orientação e inspiração de Christo e Jeanne-Claude, Lisa Waud decidiu que a principal motivação temática que utilizariam seria um reflexo da Pont Neuf em Paris, que leva este nome justamente por ter sido construída de forma a se desvincular da idade média, sendo então a primeira ponte nova na França após a era medieval.

“Eu sempre amei os projetos de Christo e Jeanne-Claude”, diz Lisa ao se referir aos artistas que a auxiliaram no projeto, “mas não sabia o que faria com minha inspiração até que eu visse imagens do show Dior de 2012 fora de Paris”, completa, revelando a fundamental fonte de inspiração sobre o trabalho apresentado.

Lisa também revela que tinha outra ideia inicialmente, completamente diferente da beleza das 100.000 flores, “minha primeira ideia era construir um pequeno galpão com peças de uma loja de informática e exibi-lo em algum museu contemporâneo local, mas rapidamente eu senti que isso não seria algo de tirar o fôlego como eu desejava”.

Para as maiorias pessoas, o excesso de casas abandonadas pode ser um incômodo ou motivo para desconforto social, mas para Lisa foi justamente a excessividade que causou o estalo artístico inicial, pois como ela relata “quando você mora em Detroit, é difícil não notar uma abundância de casas abandonadas, e um dia, eu comecei a olhar para elas como um recurso. Não passou muito tempo até eu estar com a mão levantada em um leilão de casas”, brinca, ao lembrar de como adquiriu as duas casas por apenas 500 dólares.

casa abandonada flores 2

casa abandonada flores 3

Para Lisa, o projeto todo não se resume apenas na exibição das flores, “é uma história de 3 partes: primeira a casa é preenchida com as flores, em seguida a desconstrução da casa em parceria com uma empresa local para reutilização de até 75% dos materiais, e, por último, o lançamento de uma fazenda florestal urbana para minha empresa de design floral”, explica.

casa abandonada flores 4

casa abandonada flores 5

casa abandonada flores 6

Com este projeto magnífico, Lisa consegue efetivamente transmitir a necessidade de consciência sobre a utilização e reutilização do que está ao nosso meio. Evidentemente, uma proposta do repensar acerca da natureza em comunhão com as obras humanas. O trabalho completo pode ser visto no site do projeto clicando aqui.

Especialmente indicado para você:

setaFLORES E BORBOLETAS - JARDIM DE PRIMAVERA E RENOVAÇÃO

setaAMANTE DA BOTÂNICA? CONHEÇA O APLICATIVO QUE RECONHECE PLANTAS

setaORQUÍDEAS: COMO CUIDAR PARA MANTER A FLORAÇÃO

Fonte foto