©Michelin

Pneu sustentável: não fura e não precisa ser trocado. Conheça Uptis

Pneu sustentável: não fura e não precisa ser trocado. Conheça Uptis

Michelin e General Motors anunciaram, nesta semana, o lançamento de Uptis: Sistema Único de Pneu à Prova de Furo, na sigla em inglês. O projeto começou a ser desenvolvido em 2017 e promete colocar no mercado um pneu diferente de tudo o que já foi visto na indústria automotiva.

Como o Uptis funciona?

Para desenvolver Uptis, as empresas trabalharam com um conceito inovador em que os pneus não precisam mais de ar, assim não correm o risco de furar.

Como um pneu sem ar funciona? Uptis é feito com borracha comum combinada com fibras de vidro e outros compostos sustentáveis.

A ideia por trás do produto foi baseada nos veículos lunares. O ar pressurizado é descartado e, em seu lugar, são usados pequenos raios compostos de borracha reforçada com vidro que servem como um apoio para a banda de rodagem.

De acordo com a fabricante de pneus, Uptis já foi testado com sucesso no Chevrolet Bolt e já está pronto para chegar ao mercado.

Como Uptis contribui para a preservação ambiental?

Em seu site oficial, a Michelin afirma que, uma vez que essa tecnologia sem ar do Uptis diminui o risco de pneus furados e outras falhas de ar, a produção em escala industrial deve diminuir a quantidade de matérias-primas consumidas e geração de resíduos pela fabricação e descarte.

Conforme afirmado pela marca de pneus, cerca de 200 milhões de pneus são descartados antes da hora certa por causa de perfurações, danos causados nas estradas e pressão inadequada de ar.

Uptis, sem ar e com uso de vários materiais sustentáveis para fabricação, é mais uma ideia que pode contribuir para um desenvolvimento sustentável da indústria para o bem do planeta.

Talvez te interesse ler também:

Pesquisa revela que uma enorme quantidade de partículas de pneus estão contaminando rios e oceanos

Pneus velhos: 8 formas para reciclar

Na Suécia, a primeira smart road do mundo: elétrica onde os veículos recarregam sozinhos

Onde o lixo vira asfalto: África do Sul inicia a construção da sua primeira estrada feita de plástico reciclado

Gostou? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on tumblr
Share on reddit
Share on pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *